Prefeitura de João Pessoa concentra vacinação contra a influenza de trabalhadores da saúde no Centro Municipal de Imunizações

Por Felipe Silveira - em 692

Vacinação dos idosos nos 68 ginásios e nos três pontos de Drive Thru será suspensa até a chegada de novas doses do Ministério da Saúde

D R T . R J . 15855.Ivomar agomes apereira.

A partir desta terça-feira (7), a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) estará concentrando a vacinação contra a influenza dos trabalhadores da saúde no Centro Municipal de Imunizações (antigo Lactário), no bairro da Torre. A vacinação dos idosos nos 68 ginásios e nos três pontos de ‘Drive Thru’ (Parque da Bica e Shoppings Manaíra e Mangabeira) será suspensa até a chegada de novas doses do Ministério da Saúde. Já a vacinação da Atenção Básica para idosos acamados e domiciliados segue com o cronograma normal. Até esta segunda-feira (6), cerca de 90% do público-alvo já foi imunizado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

“Enviamos um quantitativo de doses para atenção básica imunizar idosos acamados e domiciliados. Decidimos colocar o Centro Municipal de Imunizações no bairro da Torre como referência para vacinar os trabalhadores da saúde que ainda não conseguiram se imunizar. Já os idosos que ainda não conseguiram se vacinar, que é um número bem pequeno, vão ter que aguardar as novas doses que serão enviadas pelo Ministério da Saúde. Lembrando que a campanha acontece até maio e os idosos que ainda não conseguiram se vacinar poderão se imunizar assim que for retomada a estratégia de vacinação nos ginásios e pontos de drive thru”, afirmou o chefe da seção de Imunização da SMS, Fernando Virgolino.

Em razão da pandemia do coronavírus, a procura pela imunização cresceu em 2020, superando as expectativas em relação há anos anteriores. Neste ano, a Prefeitura de João Pessoa adotou a estratégia de vacinar a população em 68 ginásios de escolas e creches da Rede Municipal de Ensino, por serem espaços mais amplos e abertos, com o intuito de evitar aglomerações de idosos, e também através de ‘Drive Thru’, o que reduz, ainda mais, o contato entre as pessoas. A medida foi adotada para reduzir a possibilidade de transmissão do coronavírus, sobretudo nos idosos, público-alvo da primeira fase da campanha e principal grupo de risco para a Covid-19.

Suspensão – A Secretaria Municipal de Saúde da Capital precisará suspender novamente a vacinação dos idosos, mas já solicitou formalmente a entrega de novas doses para que a campanha seja retomada o quanto antes. Essas doses da vacina contra a influenza são enviadas pelo Ministério da Saúde para o Governo do Estado, que repassa para os municípios.

Idosos acamados – Os idosos acamados e domiciliados são imunizados em casa, através do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) e Equipes de Saúde da Família (ESF), mediante agendamento prévio de seus familiares nas Unidades de Saúde da Família (USF) de referência. O agendamento também pode ser realizado através do telefone 3214-7149. Já aqueles que moram em instituição de longa permanência já foram vacinados na própria instituição.

Linha de frente – Os trabalhadores da saúde da área hospitalar, que estão na linha de frente no combate ao novo Coronavírus, recebem a imunização em seus locais de trabalho. Estão sendo visitadas 30 instituições de grande porte, entre Unidades de Pronto Atendimento (UPA), hospitais públicos, privados e Samu. O atendimento irá cumprir o cronograma pré-estabelecido com as instituições, que deve encerrar nesta terça-feira. Os trabalhadores de saúde devem procurar, a partir desta data, o Centro Municipal de Imunizações, na Torre, das 8h às 15h50. “É necessário levar o contracheque para comprovar sua função, no caso dos trabalhadores da Atenção Básica, e declaração do serviço, no caso dos trabalhadores dos hospitais”, explicou Fernando Virgolino.