Prefeitura de JP lança campanha Mês da Cidadania Ativa para as Mulheres

Por - em 56

O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, apresentou na manhã desta quinta-feira (1º) a campanha do Mês da Cidadania Ativa para as Mulheres, alusiva ao Dia Internacional da Mulher (8 de março). A atividade reuniu a imprensa e representantes de entidades e organizações de defesa dos direitos das mulheres em um café da manhã, no restaurante Terraço Brasil, no Cabo Branco.

Este ano, a campanha tem foco na temática “Um Dia é pouco. Nós ganhamos um novo tempo”, que comemora e sintetiza os sete anos de criação da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, com foco nas várias políticas desenvolvidas na cidade.

Segundo Luciano Agra este será mais um ano de grandes atividades. Ele lembrou que as ações deste mês da mulher já é uma política consolidada em João Pessoa. “A Prefeitura hoje trabalha com diversas linhas de atuação, como o enfrentamento à violência contra a mulher, a autonomia financeira, os direitos sexuais e reprodutivos, além da educação e cultura que durante todo o mês de março reforça o debate na construção de uma cidade melhor e com menos desigualdades”, disse Luciano Agra.

Durante todo mês – A campanha Cidadania Ativa para as Mulheres traz uma programação variada de atividades como formações, ações de saúde, seminários, feira de artesanatos, caminhada das mulheres da Emlur, conferência, cursos, passeios turísticos e uma vasta programação cultural. A programação do Mês da Mulher acontece até o último dia de março, com destaque para as atividades que acontecem no Dia Internacional da Mulher, com a Caminhada das Mulheres da Emlur, a Feira Mulheres Empreendedoras em Movimento e o ‘Som das Seis’ especial.

Destaques – A secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Nézia Gomes, resgatou o início da implantação da Secretaria no município e destacou algumas ações da pasta. “Desde 2005, a Prefeitura vem avançando na construção de uma política que gerou um novo tempo na vida das mulheres. Implantamos o serviço de referência ao atendimento às mulheres em situação de violência sexual, além da criação de outros programas como o Empreender Mulher, o Programa Trabalho Doméstico Cidadão, o Projeto Mulheres Empreendedoras em Movimentos, e do Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra”, disse a secretária.

Nézia Gomes destacou ainda a importância do fortalecimento dessas políticas e da valorização do Mês da Cidadania Ativa para as Mulheres. “É preciso cotidianamente trabalhar a mudança de mentalidades, por isso estamos sempre desenvolvendo ações de formação e campanhas com o objetivo de mudar a cultura machista na cidade”.

A programação completa pode ser conferida através do link:  http://www.joaopessoa.pb.gov.br/agenda-da-cidade/mes-da-cidadania-ativa-para-as-mulheres/