Prefeitura decreta luto oficial de três dias pela morte de Genival Macedo

Por - em 40

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) decretou luto oficial por três dias pela morte de Genival Macedo, que compôs a música Meu Sublime Torrão, consagrado como hino popular da Paraíba desde 1973. Genival ficou famoso, também, por compor sucessos como A mulher do Aníbal, gravada por Jackson do Pandeiro e também por Chico Buarque em dueto com Zeca Pagodinho e Micróbio do Frevo, lançada por Jackson do Pandeiro, e mais tarde regravada por, entre outros, Silvério Pessoa e Gilberto Gil.

Vítima de uma parada cardíaca, o compositor pessoense de 87 anos, faleceu na madrugada da última quarta-feira (18), no Hospital Alfa, em Recife. Genival Macedo tinha moradia fixa na capital Pernambucana e já apresentava problemas sérios de saúde há cinco meses. O sepultamento ocorreu no cemitério Morada da Paz, em Paulista.

Nascido em João Pessoa, em 29 de março de 1921, Genival Macedo trabalhou na Rádio Tabajara, foi contemporâneo de Jackson do Pandeiro, do maestro Severino Araújo, Rosil Cavalcanti, do maestro Moacir Santos.

‘Hino popular
’ – Na Paraíba, a canção ‘Meu Sublime Torrão, se tornou uma espécie de ‘hino popular’. A música de Genival Macedo exalta a Paraíba e fala de suas belezas e encantos.

Através dos versos “Num recanto bonito do Brasil, sorrir a minha terra amada. Onde o azul do céu é mais cor de anil. Onde o Sol tão quente parece mais gentil…Lá, no Nordeste imenso, tem um fulgor intenso. Meu Sublime torrão…” Genival traduz de uma maneira muito simples e coloquial as beleza naturais, a beleza da mulher paraibana e a hospitalidade tão inerente a esse povo.