Prefeitura disciplina comércio de praia na orla de João Pessoa

Por - em 148

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) está concluindo o trabalho de demarcação dos espaços para os comerciantes ambulantes que atuam na atividade de locação de cadeiras de praia e guarda-sóis na orla da Capital paraibana. Até agora, 38 comerciantes receberam bandeiras numeradas para ajudar na identificação das áreas nas quais eles poderão atuar no trecho entre as praias de Tambaú e Cabo Branco.

A ação faz parte do projeto de ordenamento da orla marítima da cidade e está sendo executada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb). Os ambulantes começaram a ser cadastrados pela Secretaria no mês de janeiro, quando foi fechado um acordo visando disciplinar o aluguel de itens de praia para os banhistas.

Uma preocupação da Sedurb foi deixar os comerciantes nas áreas em que eles já estavam acostumados a trabalhar e, consequentemente, haviam conquistado clientela. Para ajudar no ordenamento, os comerciantes receberam bandeiras com numeração e cor que identificam o espaço de cada um. “Com isso podemos saber quais estão descumprindo as normas estabelecidas para a atividade”, destaca o secretário Lucius Fabiani. Vale ressaltar que a permissão é provisória e tem validade de um ano.

Regras – Entre as condições da Sedurb para o desenvolvimento da atividade no local está a de que cada comerciante só pode dispor de até 15 guarda-sóis e 20 cadeiras para os banhistas. Cada um deles também não pode ultrapassar o espaço de 20 metros na praia. É preciso ainda respeitar a vegetação nativa, além de manter uma área livre para os banhistas entre os pontos demarcados.

Capacitação – No início deste ano, os comerciantes participaram de um curso de capacitação oferecido pela secretarias de Meio Ambiente (Semam) e Turismo (Setur) no qual puderam assistir palestras ministradas por técnicos sobre a necessidade da preservação ambiental e sensibilização turística. O curso fez parte de um projeto piloto que vem sendo desenvolvido na cidade com o intuito de sensibilizar os ambulantes da orla sobre a importância de preservar a natureza e receber melhor os visitantes de João Pessoa.