Atalhos


Prefeitura divulga lista de aptos a fazer curso de formação
08 out 12

A- A A+

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) divulgou, nesta segunda-feira (8), o resultado da avaliação psicológica do concurso da Guarda Civil Municipal. Dos 434 aprovados nos testes físicos e que participaram da última etapa do certame antes do Curso de Formação, apenas oito foram considerados inaptos. A lista completa do resultado pode ser acessada no site do IBFC, no endereço: http://www.ibfc.org.br/concurso/prefeitura-joao-pessoa-1203/

Do total de candidatos que participou do teste de avaliação psicológica, foram considerados aptos 153 mulheres e 273 homens. O concurso público destina-se ao provimento de 250 vagas. A primeira etapa do concurso consistiu de uma prova de caráter eliminatório e classificatório, exames médicos, testes físicos e, por último, a avaliação psicológica. A segunda fase será o Curso de Formação, que tem caráter eliminatório e classificatório.

“Estamos terminando esta primeira etapa do concurso da Guarda Municipal, uma importante ação da gestão municipal com o objetivo de ampliar o serviço prestado pela guarda em João Pessoa. Além disso, é mais um concurso que a Prefeitura está fazendo para criar meios de contratação de servidores capacitados para o desempenho das funções a eles atribuídas”, afirmou a secretária de Administração, Rosa Gondim.

Os candidatos aptos a participarem do curso devem agora aguardar o edital de convocação que será disponibilizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, através da Superintendência da Guarda Municipal. O curso de Formação contara de temas humanísticos e técnicos, direitos fundamentais, noções de direito aplicado à categoria da guarda e ao servidos público, destreza física, inteligência aplicada à segurança pública, técnica operacional, civismo, ética, disciplina, direito ambiental, consumidor, cidadania e direitos humanos, contemplando perspectivas de igualdade de gênero, classe e etnia-racial.

O curso de formação será promovido pela Sugam, podendo ser contratada uma instituição de ensino pública ou privada para ministrá-lo. O concurso tem validade de dois anos contados a partir da data da publicação da homologação oficial do resultado final, podendo este prazo ser prorrogado uma vez, a critério do município, por igual período.