Prefeitura e Governo se unem para tornar JP subsede da Copa

Por - em 29

A Prefeitura Municipal de João Pessoa irá garantir apoio ao projeto do Governo do Estado da Paraíba que visa tornar a Capital paraibana uma subsede da Copa 2014. A adesão ao projeto foi confirmada pelo prefeito Luciano Agra durante reunião na noite desta quarta-feira (16) com o secretário estadual de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Fábio Maia.

“O Governo Municipal adere à proposta do Estado pela seriedade e qualidade do projeto de incentivo a que João Pessoa possa participar de maneira efetiva como subsede da Copa 2014. Vamos contribuir, na medida do possível, com o que pudermos para que isso possa se tornar realidade e, no final, algo positivo para a população de nossa cidade”, enfatizou Luciano Agra.

O secretário Fábio Maia informou ao prefeito algumas das ações que estão sendo efetivadas pelo governo estadual para que João Pessoa possa vir a ser reconhecida como Centro de Treinamento de Seleções (subsede). Entre os requisitos da Federação Internacional de Futebol (Fifa), é necessário que a cidade possa oferecer um hotel de grande porte e a 20 minutos de distância um centro de treinamento com campo de futebol em dimensões oficiais, mini campo e ainda um parque aquático.

Segundo o secretário, João Pessoa tem pontos positivos em seu favor: a localização, pois está entre as quatro capitais nordestinas sedes da Copa; e ainda seus atrativos naturais. “Nesse processo de tornar a Capital paraibana uma subsede, vamos precisar da parceria da Prefeitura de João Pessoa para avançarmos nas ações e podermos fazer com que a cidade possa participar desse grande evento”, disse ele.

Por telefone – Ainda na noite desta quarta (16), o prefeito Luciano Agra, falou por telefone com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, onde reforçou que tanto a Prefeitura de João Pessoa, quanto o Governo do Estado, estão se preparando para que a Capital ganhe mais esta disputa e se torne subsede da Copa do Mundo-2014. Para juntar mais forças, o deputado federal Damião Feliciano, conversou pessoalmente com o presidente da CBF onde solicitou a inclusão da Capital.

Cooperação – No encontro também foram discutidas possibilidades de outras parcerias entre as duas gestões para a área de esportes. Uma delas prevê que os espaços públicos esportivos do Estado, a exemplo do Centro Integrado de Educação Física (antigo Dede), possam ser mais amplamente utilizados pela população em geral, e por alunos da rede municipal de ensino.

A partir do convênio, a prefeitura irá garantir nesses locais uma participação nas atividades de apoio nas áreas de esportes, saúde, educação, limpeza urbana e desenvolvimento urbano a partir de suas secretarias de governo.

“Iremos garantir todo o apoio possível para que esses centros esportivos administrados pelo Estado possam ser utilizados por um maior número de pessoas e estudantes das nossas escolas”, ressaltou o prefeito.

Outra cooperação que poderá ser firmada nos próximos meses é o apoio da PMJP para o projeto de criação de campos de várzea por parte do Estado em outros municípios paraibanos. Em João Pessoa, a prefeitura, através da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer), já construiu 12 ‘campos de pelada’, e outros 20 devem ser construídos até o final desta gestão.

“Queremos conhecer melhor a experiência desenvolvida com sucesso em João Pessoa, conhecer detalhes do projeto, para podermos levar esses campos também a outras cidades”, ressaltou Fábio Maia.