Prefeitura e o trade turístico querem ampliar fluxo aéreo

Por - em 28

A reorganização da malha aérea da cidade foi pauta das discussões entre o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) e o trade turístico de João Pessoa, na tarde desta quarta-feira (17). O encontro aconteceu no gabinete do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, e reuniu representantes do setor e parlamentares.

Ricardo Coutinho expôs a preocupação da administração municipal com a limitação e fragmentação dos vôos que partem e que chegam ao aeroporto Castro Pinto todos os dias. Para ele, é preciso mobilizar vários setores da economia do Estado e resolver esta questão, que traz problemas tanto para o turismo da cidade, como também à população que precisa se deslocar do Estado utilizando os vôos comerciais.

“A nossa situação é muito crítica. Acredito que isso não é algo que preocupe apenas o governo ou deputados, mas todos os setores da economia da cidade”, afirmou o prefeito.

Os representantes do trade turístico reconheceram os problemas com a restrição dos horários – a maioria é no turno da madrugada – e atrasos dos vôos e também concordaram com a viabilização de soluções para a questão.

O presidente da Associação Brasileira de Agentes de Viagem na Paraíba (Abav-PB), Luís Félix de Lucena, demonstrou preocupação também com a questão dos custos das passagens que têm o aeroporto Castro Pinto como destino ou ponto de origem. Ele disse que em vários casos, chega a ser quase 50% mais barato se deslocar para o Aeroporto Internacional de Recife e, de lá, seguir para o local planejado, que partir do aeroporto paraibano.

Solução – Para tentar solucionar o problema, o prefeito da Capital e os representantes do trade turístico, mais os deputados estaduais Iraê Lucena (PMDB), Gervásio Filho (PMDB) e o vereador Watteau Rodrigues (PCdoB) irão marcar audiência com o Ministro da Defesa, em Brasília (DF), para expor os problemas e tentar modificar o quadro atual. A idéia é tentar negociar também com as empresas aéreas.

Estiveram presentes à reunião, o secretário de Turismo da Capital, Elzário Júnior; o presidente do Sindicato dos Hotéis, Pousadas, Restaurantes e Similares, Odelino Medeiros; Gustavo Garcia, do Convention Bureau; Edilson Sobreira, da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel); Tadeu Pinto, Associação Brasileira da Indústria de Hóteis; Luís Félix de Lucena, da Abav-PB; Fátima Nogueira, do Sindicato dos Guias de Turismo (Singtur); Willis Leal, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet); Fernando Souza, gerente geral do Tropical Hotel Tambaú; Ferdinando Lucena, da Associação Brasileira de Bacharéis em Turismo (ABBTur) e do superintendente do Sebrae-PB, Júlio Rafael.