Prefeitura entrega mais 43 casas em dois bairros de João Pessoa

Por - em 33

Quarenta e três famílias dos bairros do Cristo e Rangel são os novos beneficiados pelo Programa de Subsídio Habitacional (PSH), do Governo Federal em parceria com o Governo Municipal. O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), participará da entrega dos imóveis nesta quinta-feira (28), às 17h, no cruzamento da rua Murilo Buarque com a rua Luis XV, no Jardim Bom Samaritano, próximo à Igreja Assembléia de Deus, no Cristo.

Já são mais de mil casas reconstruídas em alvenaria e entregues às famílias de baixa renda em João Pessoa. Só no bairro do Cristo Redentor, 38 famílias foram beneficiadas e mais cinco estão no bairro do Rangel. Essas casas já fazem parte da segunda etapa do PSH que contempla aproximadamente 47 novos bairros. O Programa de Subsídio Habitacional, que transforma casas de taipa em imóveis de alvenaria e que foi “abraçado” pelo Governo Municipal, está mudando a realidade de muitas famílias que agora se sentem mais seguras.

Meta – Em março, a Administração Municipal vai alcançar a marca de três mil casas entregues, o que significa três vezes mais do que foi feito nos últimos dez anos. A secretária de Habitação Social, Emilia Correia Lima, informou que as pessoas que moram em casas precárias e querem uma casa de alvenaria, mas ainda não foram contempladas terão nova oportunidade de se inscrever para uma terceira etapa.

Cada casa reconstruída pelo PSH possui 37,2 metros quadrados, com sala, cozinha, banheiro e dois quartos. A construção custa em média R$ 10 mil, recursos da Caixa Econômica Federal, com 20% de contrapartida da Prefeitura, totalizando mais de R$1,9 milhão investido com esse tipo de moradia. O programa do Governo Federal é destinado a famílias de baixa renda. Na Capital, para ser beneficiado pelo PSH, a família deve morar em casa de taipa ou sem condições de habitabilidade e ser proprietária do terreno onde será construída a nova moradia de alvenaria. Nesta modalidade, a família não paga nada pela nova casa.