Prefeitura entrega mais nove creches até início de 2008

Por - em 38

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) está construindo mais nove Centros de Referência em Educação Infantil (CREIs), que vão criar mais 1.500 vagas para crianças até os quatro anos de idade. Em dezembro próximo, a PMJP entregará mais duas unidades e, de acordo com o cronograma de obras da Secretaria de Infra-Estrutura, também estão previstas a construção de outras sete creches. No total, a Prefeitura está investindo, em recursos próprios, cerca de R$ 2,9 milhões.

Os primeiros bairros beneficiados com essas ações serão Altiplano e Bessa, cuja data para entrega dos prédios é dezembro próximo. Ainda naquele mês, serão iniciadas as obras no bairro do Grotão, São José e na comunidade do Timbó. Já na primeira quinzena de janeiro de 2008, a prefeitura inaugura mais quatro Creis, que atenderão os bairros do Cidade Verde, Paratibe, Jardim Veneza e Colinas do Sul. As reformas agendadas para acontecer serão no Crei Francisco Porto, no bairro do Jardim Planalto; Caluna Leite, Esplanada e no Alto do Mateus.

“Hoje a prefeitura possui 29 creis em funcionamento que atendem 2.869 crianças até os 4 anos de idade. Isso sem falar das que estudam nas 36 escolas de nível fundamental. Para se ter idéia, entre os anos de 2005 a 2006, ampliamos o número de vagas de 1.290 para 2.869, um aumento de 1.579. Com a construção de mais 9 unidades, vamos viabilizar o atendimento para mais 1.500 crianças”, informou Taciana Alves, Chefe de Divisão de Educação Infantil da Secretaria de Educação (Sedec).

Os CREIs, espalhados nas principais regiões da cidade, atendendo especialmente crianças carentes, seguem uma estrutura padrão, composta por cinco salas de aula, um berçário, duas cozinhas, refeitório, banheiros, uma área para recreação e sala de direção. As unidades funcionam em tempo integral e as crianças recebem, além da parte pedagógica e lúdica, as refeições diárias, baseadas num cardápio variado elaborado por uma nutricionista, que favorece o desenvolvimento físico e mental das crianças. A equipe é formada por gestores, professores, monitores, berçaristas, lactaristas, cozinheiras, lavadeiras, auxiliares de serviço, psicólogas, assistentes sociais, pedagogos e nutricionistas, que sempre estão passando por cursos de capacitação.

“Além de brincadeiras e os cuidados básicos, as crianças têm as primeiras noções de alfabetização. O objetivo desse trabalho é proporcionar as elas a possibilidade de aprender brincando, de maneira lúdica e estimulada. Com essa pedagogia, os pequenos alunos já saem aos seis anos preparados para iniciar o processo de alfabetização”, explicou Taciana Alves.

Com base no Plano Nacional de Educação (PNE), Lei 10.172, que inclui a Educação Infantil na Educação Básica, estabelecendo objetivos e metas no sentido de promoção de um atendimento educacional de qualidade para os menores de seis anos, a Prefeitura transformou as antigas creches em Creis, cuja principal função é a inserção da Educação Infantil no desenvolvimento integral de ensino.