Prefeitura entrega reforma e ampliação do Centro de Testagem e Aconselhamento

Por - em 259

Rebeka Paiva

ReformaSAE - CTA_FotoGilberto Firmino (21)O prefeito Luciano Cartaxo entregou, na tarde desta quinta-feira (30), a reforma e ampliação do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da Capital, que funciona no Centro de Atenção Integral a Saúde (Cais) de Jaguaribe. A partir de agora, o CTA integra o Serviço de Assistência Especializada (SAE), sendo referência para o diagnóstico e o cuidado contínuo com pacientes com Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), AIDS e hepatites virais.

A unidade realizará testes rápidos para HIV, sífilis, hepatites B e C e atenderá usuários do município e do Estado para atendimentos em HPV, com a realização de cauterização química quando necessário. Com a implantação do SAE passará a disponibilizar medicamentos antirretrovirais e outros remédios para doenças oportunistas, para pessoas portadoras do HIV, além de exames laboratoriais de Cargas Virais e CD4.

“Trabalhamos para melhorar cada vez mais o serviço prestado na área da saúde. Hoje estamos entregando a reforma e ampliação não apenas do espaço físico, mas do serviço como todo, que vai melhorar o atendimento prestado à população, que a partir de agora passará a ter acesso a um serviço mais completo, com a equipe multiprofissional extremamente qualificada e motivada”, ressalta o prefeito Luciano Cartaxo.

ReformaSAE - CTA_FotoGilberto Firmino (9)A obra recebeu investimentos de mais de R$ 288 mil, sendo R$ 178.602,05 da Prefeitura de João Pessoa e R$ 110 mil do Sistema Único de Saúde (SUS) e vai possibilitar o atendimento de cerca de dois mil pacientes da Capital. Com a reforma e ampliação, a unidade passa a contar com 16 salas e ampla estrutura para atender os usuários com mais discrição e conforto.

“O SAE/CTA contribui com o trabalho de promoção e prevenção que já vem sendo desenvolvido e auxilia tanto as pessoas que já possuem alguma doença sexualmente transmissível para que a doença não avance mais, quanto para outras pessoas que não possuem nenhuma doença, mas para que não sejam também infectados. Aqui teremos orientações sobre as DSTs, diagnóstico, cuidado contínuo e dispensação de medicamentos”, explica o secretario de saúde, Adalberto Fulgêncio.

O serviço funcionará das 7h às 16h de segunda à sexta-feira, podendo o usuário chegar ao serviço encaminhado pelas unidades de saúde ou por demanda espontânea.