Inauguração de espaço voltado para temas ambientais na Bica

Por - em 90

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) inaugura nesta quinta-feira (04), às 15h, a Sala Verde Professora Paula Frassinete, dentro da programação preparada para comemorar os 426 anos de fundação da Capital. O espaço, criado pela Secretaria de Meio Ambiente (Semam), vai funcionar no Centro de Estudos e Práticas Ambientais (Cepam), localizado no Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica).

Segundo a chefe de Projetos e Convênios da Semam, Vivian Maitê, a Sala Verde, que vai homenagear a ambientalista Paula Frassinete, funcionará como uma biblioteca aberta à população para consultas. “A sala fica logo após o recinto dos leões e a ideia é que ela funcione como uma biblioteca voltada para temas ambientais. No local, os estudantes que antes procuravam a Semam para fazer pesquisas, por exemplo, e tinham que ir até o Centro Administrativo Municipal, agora terão um espaço adequado”, disse Vivian Maitê.

A sala conta com um acervo focado no bioma da Mata Atlântica, no qual João Pessoa está inserida, além de projetos e pesquisas feitas pela Semam, como estudos de impacto ambiental. A Sala Verde Professora Paula Frassinete ficará aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, mesmo horário de funcionamento da Bica.

A homenageada – Natural de Pesqueira (PE) e radicada em João Pessoa desde 1976, Paula Frassinete é formada em Biologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e mestre em Zootécnica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Professora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), membro fundadora da Associação Paraibana Amigos da Natureza (Apan), ambientalista e defensora da Mata Atlântica de João Pessoa, Paula Frassinete disse que inicialmente ficou surpresa com a homenagem dentro da Bica e que ter uma Sala Verde com seu nome é motivo de emoção e grande alegria. “É com emoção e muita alegria que recebo essa homenagem”, confidenciou.

Feira de troca – Após a inauguração da Sala Verde, haverá uma feira de troca, segundo Vivian Maitê, com a finalidade de estimular a reflexão acerca do consumo consciente e promover a integração dos presentes. Os interessados em participar da feira podem levar objetos, roupas e utensílios em geral, em bom estado de conservação, para serem trocados por outros itens de interesse.

Saiba mais – A Sala Verde é um projeto coordenado pelo Departamento de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente (DEA/MMA) que consiste no incentivo à implantação de espaços socioambientais para atuarem como potenciais Centros de Informação e Formação Ambiental. O local tem o objetivo de disponibilizar e democratizar o acesso à informação ambiental e a reflexão e construção do pensamento/ação ambiental.