Requerimento de autorização exclusiva para desfile de Blocos de Carnaval

Prefeitura inaugura nova fonte luminosa no Centro da Capital

Por - em 40

O Parque Solon de Lucena agora tem mais um motivo para ser e se consagrar o cartão postal da cidade de João Pessoa. A nova fonte luminisa da Lagoa foi entregue para população na noite desta terça-feira (29) pelo prefeito Luciano Agra. A obra custou cerca de R$ 1,5 milhão, provenientes de recursos próprios da Prefeitura de João Pessoa.

A estrutura original da fonte foi preservada, mas houve a substituição de todos os componentes. Na solenidade de inauguração, o prefeito Luciano Agra ressaltou que com a entrega da nova iluminação da fonte ganha tanto a população da cidade quantos os turistas. “Vai beneficiar quem circula pelo local nos transportes públicos, pois na hora de pico, de grande movimento, vai encontrar um local aconchegante com um espetáculo de luz, água e som“, destacou.

Curiosos e admiradores que passavam no local pararam para assistir ao espetáculo do primeiro acendimento da fonte luminosa. Como a aposentada Maria José Batista, que mora em Mangabeira, ela aprovou a reformulação da fonte da Lagoa. “Era o que estava faltando para embelezar ainda mais o ‘coração’ de João Pessoa, que é o Parque Solon de Lucena. A fonte ficou muito bonita. Agora dá mais vontade de passear por aqui”, afirmou.

Quem também elogiou a mudança foi a comerciante Maria de Lourdes Trajano. Para ela, a reforma da fonte foi uma das melhores ações realizadas pela Prefeitura na área. “Quando a gente olha para essa fonte chega a se sentir em outro país. Acredito que irá atrair muito visitantes para a Lagoa”, disse.

Beleza e tecnologia – Com a entrega da obra, a fonte do Parque Solon de Lucena passa a ter jatos de água sicronizados com a música tocada nos sonofletes – caixas de som instaladas nos postes de iluminação do anel interno. O jato principal chega a atingir dez metros de altura. A nova estrutura conta com 17 conjuntos de moto-bombas, estrutura em fibra de vidro flutuante, 265 bicos aspersões, 57 refletores de 1000 W, casa de máquinas totalmente reformada e subestação de 300 KVA.

O secretário de infra-estrutura, João Azevedo, explicou que durante o dia os jatos vão funcionar, mas sem a iluminação, contribuindo para a oxigenação da água da Lagoa. Segundo ele, será feito um estudo para a implementação de um Plano Diretor de Transportes do município, que irá interferir promover reformas nos canteiros externos, concluindo assim o trabalho de revitalização, recuperação e manutenção do Parque Solon de Lucena.