Prefeitura inaugura Unidade de Inclusão Produtiva em Mussumago, na quarta

Por - em 29

O Governo Municipal inaugura nesta quarta-feira (27), às 10h, a Unidade de Inclusão Produtiva para Alimentos (cozinha comunitária), na comunidade Mussumago, no Conjunto Valentina de Figueiredo. O espaço servirá para formação técnica e produção coletiva de alimentos destinados à comercialização. Com o investimento municipal de R$ 15 mil, destinado à reforma, e mais R$ 25 mil originários do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), para a realização do projeto durante um ano, a cozinha comunitária atenderá, inicialmente, 25 mulheres que recebem o benefício do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti).

A Unidade de Inclusão Produtiva de Alimentos possui uma área de 61,5 metros quadrados, distribuída em salas destinadas à formação e qualificação profissional e a cozinha destinada à prática das atividades. No espaço das ações práticas foram instalados fogão semi-industrial, freezer, geladeira, seladora para quentinhas, liquidificador e bateria.

O diretor da Divisão de Trabalho, Renda e Economia Solidária da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), Ronildo Monteiro, ressaltou que a unidade funcionará sob o regime de co-gestão entre os grupos da comunidade e o Governo Municipal terá mais um instrumento de inclusão social e geração de renda. “O objetivo é motivar espaços de inclusão produtiva e fomentar iniciativas que garantam às famílias uma ocupação aliada à geração de renda. Por isso, o Governo Municipal tem investido desde 2007 em esforços na realização de cursos de capacitação e qualificação profissional para esse grupo”, frisou.

Desde abril de 2007, o grupo formado por 25 mulheres passou pelos cursos de culinária básica, aproveitamento integral dos alimentos, manipulação e produção de alimentos, além de oficinas de segurança alimentar.

Com a orientação da equipe técnica da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável da Produção (Sedesp), o grupo está realizando um diagnóstico da comunidade Mussumago e do Conjunto Valentina de Figueiredo, para identificar o tipo de produção que mais se adequa à região. Também está em andamento o curso de Plano de Negócio e Gerenciamento Básico, destinado às beneficiárias para lidar com o aspecto empreendedor da atividade. A Unidade de Inclusão Produtiva para Alimentos funcionará à Rua do Cedro, 181, nos turnos da manhã e tarde.