Prefeitura inicia matrículas para Educação de Jovens e Adultos

Por - em 51

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), iniciou o período de matrículas nas escolas da rede municipal de ensino para jovens a partir de 15 anos completos e adultos na Educação de Jovens e Adultos (EJA). A modalidade atende desde a alfabetização até o ciclo IV, que corresponde ao Ensino Fundamental I e II.

Para efetuar a matrícula, o interessado deve procurar a escola mais próxima de sua casa, no turno da noite, das 18h30 às 21h, munido dos seguintes documentos: carteira de identidade (RG), CPF e histórico escolar, além de duas fotos.

As aulas começarão no dia 6 de fevereiro e serão realizadas de segunda a sexta-feira, das 18h30 às 21h30. De segunda a quinta-feira, haverá aulas de educação básica e na sexta-feira, qualificação profissional (cursos profissionalizantes).

De acordo com a coordenadora Cidilene Andrade, a EJA é uma modalidade de Educação Básica que se destina àquelas pessoas que não tiveram oportunidade de acesso à escola ou passaram por ela sem sucesso. “Hoje, elas têm a oportunidade de recomeçar os estudos, dentro de uma perspectiva educativa social emancipatória, uma vez que são oferecidos, além da educação básica, cursos profissionalizantes que vão possibilitar a inserção desses alunos no mercado de trabalho”, explicou.

Qualificação Profissional – Os cursos oferecidos pela EJA são realizados através da contratação de serviços com o Sistema S (Sest-Senat, Senac) e a Fun (Funetec), que tem a responsabilidade da execução do curso e certificação.

Os cursos oferecidos são: informática, serviços de hotelaria (garçom, camareira, recepcionista), operador de telemarketing, assistente de cabeleireiro, assistente de cozinha, frentista e abastecedor, telefonista/recepcionista, conferencista de carga, bombeiro hidráulico, eletricista residencial, corte e escova, arte e culinária, entre outros.

Metas para 2012 – Este ano, através do EJA, a Secretaria de Educação tem como expectativa diminuir o índice de analfabetismo; garantir o acesso e a permanência dos educandos, diminuindo a evasão; e oportunizar aos alunos uma qualificação profissional.

Para obter mais informações, os interessados devem entrar em contato com a coordenadora do EJA, Cidilene Andrade, pelos telefones 3218-9285 e 8711-4015.