Prefeitura integra Comitê de Educação e Direitos Humanos, lançado nesta segunda

Por - em 34

O Comitê Paraibano de Educação e Direitos Humanos foi lançado nesta segunda-feira (20), às 16h, no auditório da Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O projeto é desenvolvido pelo Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da UFPB, financiado pelo Ministério da Educação (MEC), em parceria com a Prefeitura de João Pessoa (PMJP).

Como representante da secretaria de Educação e Cultura (Sedec), foi escolhida a coordenadora do Ensino Fundamental, Olisângela Duarte, que ficará responsável no Comitê pela coordenação do grupo em Educação Básica de Direitos Humanos, um dos vários segmentos das atividades relacionadas.

Durante o lançamento houve ainda a entrega dos certificados de conclusão da formação em educação e direitos humanos, que ocorreu em março e abril deste ano, destinado a professores, especialistas e diretores da rede municipal de ensino. Os participantes puderam aprofundar questões metodológicas e conceituais sobre esta temática, com aplicação efetiva nas escolas.

Como disciplina – Com o objetivo de implantar políticas de direitos humanos na educação, o Comitê tem como proposta de atuação a introdução dos direitos humanos no sistema de ensino curricular como disciplina obrigatória, além de ser correlato nas atividades transdiciplinares.

“É muito importante fortalecer essa discussão sobre a implantação na educação da disciplina dos direitos humanos. É uma maneira viável de conscientização das diferenças, do respeito ao coletivo, de uma sociedade mais justa e fraterna. Como membro do Comitê, espero poder ser um canal entre a educação municipal em constante diálogo com as demandas da sociedade civil, promovendo ações de interesse comum para a promoção dos direitos humanos no setor em João Pessoa”, explicou Olisângela Duarte.

O Comitê Paraibano de Educação e Direitos Humanos é formado por representantes de instituições de ensino federal, estadual e municipal, como também de representantes das organizações não-governamentais e dos movimentos sociais. Vai funcionar a partir de então no Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos, no Campus I da UFPB, em João Pessoa.