Prefeitura oferece cursos de carpinteiro, pedreiro e armador de ferro

Por - em 192

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), em parceria com o Senai, está inscrevendo gratuitamente para os cursos profissionalizantes de Carpiteiro de Obras, Armador de Ferro e Pedreiro. As inscrições podem ser realizadas no horário de 8h ao meio-dia e das 14 às 17 h, no Centro de Referência  Inclusão Social e Produtiva da Comunidade Maria de Nazaré (Crispman), localizado na Rua Adrisio Mota de Sousa, s/n, Funcionários II, próximo a Escola Estadual Débora Duarte. O centro é ligado à Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

O início dos cursos é previsto para o próximo dia 02 de abril, com aulas práticas e teóricas ministradas por instrutores do Senai, na sede do Crispman. Poderão se inscrever homens e mulheres na faixa etária entre 18 e 59 anos residentes no bairro dos Funcionários II e adjacências, que tenham cursado ou que estejam cursando o 5º ano do Ensino Fundamental. No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar cópias do RG, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade.

“Os cursos terão 160 horas/aula e as turmas são mistas. As inscrições continuam até que sejam preenchidas as últimas vagas. A proposta é preencher as vagas nos três turnos, com vinte alunos por cada turma”, disse a coordenadora do Centro, Maria do Socorro Miranda da Silva.

Segundo ela, é grande o alcance social destes cursos que além de capacitarem os participantes, também favorecem a sua inclusão no mercado de trabalho. “Com certeza há a possibilidade de entrada no mercado de trabalho tão logo concluam os cursos, pois saem totalmente capacitados”, garantiu.

Formatura – No próximo dia 28 de março (quarta-feira) está prevista a solenidade de formatura dos 51 alunos do Curso de Pedreiro, iniciado no dia 28 de janeiro desse ano. São vinte mulheres e 31 homens.

Maria do Socorro Miranda lembra que os cursos são muito procurados por mulheres, principalmente no turno da noite. “As mulheres estão se capacitando em profissões que antes eram destinadas às pessoas do sexo masculino. É visível a satisfação das alunas durante as aulas práticas. A mulher tem avançado nos seus propósitos e derrubando tabus, principalmente na área trabalhista. Isso é muito bom!”, elogiou a coordenadora.

Centro – Em funcionamento desde o mês de abril do ano passado, o Centro de Referência  Inclusão Social e Produtiva da Comunidade Maria de Nazaré busca o fortalecimento do processo de inclusão produtiva e social, o protagonismo do jovem e sua autonomia. Os alunos/as e seus familiares recebem acompanhamento de uma equipe multidisciplinar, formada por uma psicóloga, uma assistente social e uma pedagoga.

A proposta inicial é estimular e fortalecer habilidades produtivas, possibilitando a efetiva inserção destes jovens no mercado formal de trabalho ou em atividades organizadas em sistemas de economia solidária, com um foco na educação cidadã.

O Centro tem uma estrutura montada para receber alunos em diversas áreas, sobretudo na construção civil, com o propósito de transformar a comunidade Maria de Nazaré num espaço de prática profissional no processo de formação e qualificação de jovens que já trabalham e dos que são aprendizes. O telefone de contato é 3243-9751.