Prefeitura presta homenagem a Genival Lacerda no São João da Capital

Por - em 40

A noite de encerramento do ‘São João de João Pessoa – O Melhor da Gente’, que acontece nesta quarta-feira (29), será marcada por uma programação imperdível, com shows do grande homenageado dos festejos juninos da Capital, o artista Genival Lacerda, que sobe ao palco do Ponto Cem Réis a partir das 21h. Antes, no mesmo palco, acontece o show da banda paraibana Clã Brasil e encerrando a noite em alto estilo, o xote, o baião nordestino, na voz inconfundível de Flavio José, numa promoção da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope).

O artista Genival Lacerda, que promete divertir o público com as suas composições de letras inteligentes e de duplo sentido, conhecidas do grande público. Neste show, o cantor paraibano vai executar músicas do seu novo CD, intitulado ‘Genival Lacerda canta o centenário de Luiz Gonzaga’, que está em fase de gravação, com lançamento previsto para o mês de setembro, a exemplo ‘São João do Carneirinho’, ‘Nem se despediu de mim’ e ‘Baião da Garoa’. O músico João Lacerda, que é filho do homenageado, fará uma participação especial, cantando ao lado do seu pai, composições do seu CD, intitulado ‘São João Lacerda’, a exemplo ‘Amor, querer e paixão’, de João Caetano e Ricardo Reis e ‘A filha da vizinha’, além de ‘Severina Xique-xique’, de autoria de Genival Lacerda.

Homenagem – João Lacerda falou da importância dessa homenagem. “O meu pai, assim como eu, estamos muito felizes com as homenagens recebidas da Paraíba, com certeza será um momento inesquecível este show por este reconhecimento ao artista em vida, por isso, tenho certeza que veio na hora certa e principalmente por ser na terra dele e ele está se sentindo super honrado com tudo isso”.

Clã Brasil – A primeira atração da noite é a banda Clã Brasil, que tem 10 anos de existência e é formada por cinco membros de uma família e dois de outra, conta com seis CD’s gravados e dois DVD’s e já  se apresentou nos principais palcos do nordeste brasileiro e no exterior. Calcado na herança musical do sertanejo paraibano, o tocador de fole de 8 baixos, Dedé do Cantinho de Itaporanga, ritmado pelos baiões, xotes, cocos e toadas popularizadas por Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Trio Nordestino, Chico César, Dominguinhos, Sivuca, Marines, Maciel Melo, Pinto de Acordeon e também composições próprias de Badu e Lucyane, o grupo tem encantado o público e a crítica por onde passa num aclive acentuado de aceitação popular.

A banda é formada por Lucyane Pereira (fole de 8 baixos, acordeon, bandolin e Vocal), Laryssa  Pereira (zabumba, pandeiro, violino e vocal), Lizete  Pereira Alves    (flauta transversa, pífano,  pandeiro e vocal), Fabiane Medeiros (cavaquinho, violão de 10 cordas, guitarra, pandeiro e vocal, Badu (violão de 7 cordas), Maria José Pereira (triângulo, afoxé, ganzá e vocal e Francisco Fernandes Neto (pandeiro e percussão)