Prefeitura realiza evento no Dia Mundial de Combate à Tuberculose

Por - em 17

Nesta quinta-feira (24) a Secretaria Municipal de Saúde, numa parceria com a Secretaria da Saúde do Estado (SES), realiza um evento em comemoração ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose. A ação será realizada no Ponto Cem Réis, das 8h30 às 12h. No local estarão presentes profissionais de saúde para realizar avaliações nas pessoas com sintomas respiratórios da tuberculose.

Além de médicos e enfermeiros, no local haverá um microscópio para visualização do bacilo. Os profissionais também prestarão esclarecimentos sobre a doença e distribuirão panfletos, entre outras ações educativas. Na oportunidade um médico fará uma triagem e, se necessário, o encaminhamento para os serviços de saúde do município. Conforme dados divulgados pelo Sistema de Informação (Sinan), em João Pessoa, em 2010, foram constatados 420 casos de tuberculose, sendo 341 novos casos. Já em 2011 foram contabilizados 48 casos, sendo 40 novos.

Eveline Vilar, responsável pela coordenação da área técnica de tuberculose SMS, destacou que ações desta natureza são importantes pois facilitam o diagnóstico precoce da doença. “Pessoas que tenham tosse por mais de três semanas devem procurar os serviços de saúde para investigar a possibilidade de estar doente. “Com essa investigação fica mais fácil realizarmos o diagnóstico precoce e a quebra da cadeia de transmissão da doença”, afirmou.

As pessoas que observarem sintoma da doença podem procurar as unidades de saúde da família da sua área de abrangência para realização de diagnóstico e tratamento. “A tuberculose tem cura e o tratamento é gratuito. O tratamento tem a duração de 6 meses e hoje o percentual de cura do município é de 56,6%”, salienta Eveline.

Tuberculose – A Tuberculose é uma doença infecto-contagiosa causada por bactéria que afeta principalmente os pulmões. Os sinais e sintomas mais freqüentemente descritos são tosse seca contínua, no início, e, depois, com presença de secreção por mais de quatro semanas, transformando-se, na maioria das vezes, em uma tosse com pus ou sangue; cansaço excessivo; febre baixa geralmente à tarde; sudorese noturna; falta de apetite; palidez; emagrecimento acentuado; rouquidão; fraqueza; e prostração. A transmissão é direta, de pessoa a pessoa.