Prefeitura reurbaniza, equipa e entrega praça no Brisamar

Por - em 19

Os moradores do Bairro Brisamar, a partir desta quinta-feira (16), contarão com um ponto de convivência reurbanizado e equipado com a entrega da reforma da Praça João Gadelha. Mais dez praças estão sendo recuperadas, três delas com entrega prevista para ainda este mês.

Cerca de R$ 4,5 milhões estão sendo investidos nessas ações pelo Governo Municipal, dentro do Programa de Recuperação de Praças, calçadas e passeios da cidade de João Pessoa. A iniciativa está mudando o visual das praças e as intervenções seguem levantamento realizado pelas Secretarias de Planejamento (Seplan) e do Desenvolvimento Urbano (Sedurb).

Na Praça João Gadelha, foram investidos R$ 106.251,58, empregados na construção de uma quadra de areia, calçadas e bancos, além da recuperação da iluminação ornamental e do playground. A parte de jardinagem foi executada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb). Ainda este mês serão entregues as obras de reurbanização das praças Luiz Burity (no Cristo Redentor), Assis Chateaubriand (Jardim 13 de Maio) e Praça José Targino (Altiplano).

Este não, já foram entregues as reformas das praças Felix Cahino (Valentina) e João Medeiros (Pedro Gondim), além da construção da Praça Neuza Agra, no Bairro dos Ipês, que foi executada através de uma parceria com a iniciativa privada.

Mais dez praças estão com obras em execução: Maria Bronzeado (Jardim Veneza), Praça das Acácias (Ernani Satiro), Praça Marechal Bittencourt (13 de Maio); Pascoal Carrilho (Conjunto Ernesto Geisel), Soares Madruga (Conjunto Valentina Figueiredo), Praça do Rotary (Brisamar), Praça João XXIII (Jaguaribe), Praça Nossa Senhora da Paz (Conjunto Castelo Branco), Praça do Conjunto Renascer e praça no giradouro de Mangabeira.

O secretário de Infraestrutura (Seinfra), João Azevêdo, explica que a recuperação e construção de praças na cidade de João Pessoa é uma das principais ações do Governo Municipal. O objetivo é contribuir com a melhoria da qualidade de vida da população que passa a contar com ambientes propícios à prática de esporte, lazer e cultura.

Segundo ele, as reformas estão sendo feitas com base no levantamento da Prefeitura, porém não há um número determinado de praças a serem recuperadas. “Com base no levantamento, analisamos as intervenções necessárias e os recursos disponíveis, daí vamos incluindo novos equipamentos”, disse. A maioria das unidades necessita de intervenções relativamente simples, como revisão da parte elétrica e hidráulica, jardinagem e troca de bancos. Porém, em outras está prevista a construção de quadras e playground, medidas que requerem um volume maior de investimento.