Primeira noite de shows do ‘São João do Jeito da Gente’ empolga o público no Ponto de Cem Réis

Por Fátima Sousa - em 277

A animação da Quadrilha dos Bonecos Gigantes e o forró das cantoras Sandra Belê e Kátia Cilene marcaram a primeira noite de shows do ‘São João do Jeito da Gente’, neste sábado (22), no Ponto de Cem Réis. Neste domingo (23), a festa que homenageia o Centenário de Jackson do Pandeiro terá, a partir das 19h, Os Três do Xamego, Assisão e Waldonys. O evento é realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), e faz parte do AnimaCentro.

As apresentações deste sábado (22) tiveram início com a Quadrilha de Bonecos Gigantes de Olinda, que empolgou levando para junto do público Jackson do Pandeiro, Ariano Suassuna, Elba Ramalho, Dona Selma do Coco, Capiba, Dominguinhos, Mestre Salu e outros personagens fictícios, encantando crianças e adultos.

Na sequência, o forró foi garantido pelo remelexo da cantora paraibana Sandra Belê, que abriu a programação musical com um repertório rememorando sucessos de Jackson do Pandeiro. A cantora aproveitou para agradecer a presença do público e o convite da Prefeitura de João Pessoa, no momento em que comemora 20 anos de carreira musical.

A primeira noite do ‘São João do Jeito da Gente’ foi encerrada com a alegria contagiante da cantora Kátia Cilene que, vestida de noiva, fez o público cantar ao recordar antigos sucessos de sua carreira, em especial da época quando era vocalista da banda Mastruz com Leite.

De voz potente e presença carismática, Katia Cilene animou os forrozeiros e fez a plateia dançar com sucessos como ‘Meu Vaqueiro, Meu Peão’, entre outros hits que fazem parte do projeto especial de São João.

Público empolgado – Maria José dos Santos, moradora do Valentina de Figueiredo, ficou bastante empolgada com as atrações do ‘São João do Jeito da Gente’, elogiou a Prefeitura e disse que João Pessoa não está devendo nada a outros lugares. “Gosto muito de Kátia Cilene desde quando ela era do Mastruz com Leite. Também gosto muito de Sandra Belê. Pretendo vir toda noite”, disse.

Já o jovem Lucas Mateus, morador do bairro de Cruz das Armas, disse que ficou encantado com os bonecos gigantes. “Nunca tinha visto uma coisa tão bonita. As figuras são perfeitas”, avaliou.

O diretor executivo da Funjope, Maurício Burity, destacou a importância das atrações nordestinas. “O São João é um evento ligado diretamente ao nosso calendário cultural. A realização da festa envolve todas as secretarias municipais, que se uniram para trazer um repertório voltado para a família e garantir sucesso de público”, disse.

Para Mauricio Burity, no momento em que se homenageia Jackson do Pandeiro, “nada mais importante do que esse  intercâmbio cultural com Olinda, que realmente engrandeceu o nosso São João, ao dar ênfase aos personagens paraibanos consagrados na cultura”, afirmou.

Programação – O ‘São João do Jeito da Gente’ continua no domingo (23), com shows de Os 3 do Xamego, Assisão e do cearense Waldonys. Na segunda-feira (24), o palco do Ponto de Cem Réis será das bandas paraibanas Os Fulano e Cabruêra, com o projeto Jackson Racional, e os Afrobatuques; Dejinha de Monteiro e do cantor e compositor pernambucano Jorge de Altinho.