Procon constata que gás veicular é vendido sem reajuste na Capital

Por - em 18

O preço do metro cúbico do gás natural veicular não sofreu reajuste na Capital. Foi o que identificou uma pesquisa realizada e divulgada nesta terça-feira (03) pelo Procon de João Pessoa. O aumento no preço do produto estava previsto para ocorrer no domingo (1º), mas conforme constatação da pesquisa, o reajuste ainda não foi repassado ao consumidor. O gás natural veicular é comercializado com valores entre R$ 1,679 e R$ 1,770, uma variação de 5,4% e diferença de preço de R$ 0,09. Essa diferença é a mesma encontrada na semana passada, de acordo com pesquisa do Procon municipal.

Já a gasolina comum permanece com os mesmos preços do último dia 27 de outubro, sendo repassada ao consumidor com preços entre R$ 2,290 (Posto Opção BR 101 – Distrito Industrial e Posto Opção – Bessa) e R$ 2,699 (Posto Villaggio – Bancários), uma diferença de R$ 0,41 no litro.

Desta forma, ao abastecer no posto com menor valor, o consumidor pagará R$ 22,90 por dez litros do produto. Se colocar a mesma quantidade do combustível no estabelecimento com maior preço, vai pagar R$ 26,99 ou seja R$ 4,09, o que representa uma boa economia.

Em relação ao álcool comum, a pesquisa demonstrou que o produto é comercializado na Capital com valores entre R$ 1,63 e R$ 1,89, uma diferença de preço de R$ 0,26 e variação de 16%. O maior preço de óleo diesel nos postos pessoenses é de R$ 2,199 e o menor de R$ 1,890, diferença de R$ 0,31.

A pesquisa está disponibilizada na página da PMJP (www.joaopessoa.pb.gov.br), em Procon, no link Pesquisas de Preço. O material poderá ser consultado também na sede do órgão, localizado na Av. Pedro I, 331, Centro.