Procon-JP constata aumento no preço da gasolina em 63 postos

Por - em 32

O Procon de João Pessoa constatou em pesquisa realizada nesta quarta-feira (23) que 63 postos de combustíveis aumentaram o preço da gasolina. Em outros 45 estabelecimentos o valor do litro do álcool está mais caro. Todos os postos de que aumentaram os preços dos combustíveis sem justificativa serão notificados pelo órgão.

O secretário geral do Procon, Watteau Rodrigues, convocou o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo da Paraíba (Sindipetro-Pb), Omar Hamad Filho, para uma reunião na próxima segunda-feira (28), para que seja esclarecido o motivo do aumento. A orientação para quem vai pegar a estrada neste feriado de São João é pesquisar antes de abastecer, garantindo o menor preço.

Na pesquisa de preços realizada na ultima segunda-feira (21), nove postos da Capital apresentaram o menor preço de R$ 2,149. Nesta quarta-feira (23), apenas o Posto Opção, no Bessa, continua a praticar este valor. Outros estabelecimentos subiram o preço do litro da gasolina para R$ 2,59. O maior preço ainda continua sendo para o pagamento a prazo, R$ 2,79, no Posto Világio, no Bancários.

O álcool também teve o menor valor do litro praticado na cidade aumentado de R$ 1,599 para R$ 1,619. Em 45 postos o valor deste combustível está mais caro. O consumidor que não se basear pela pesquisa do Procon-JP, pode pagar até R$ 2,09.

Além do aumento considerado abusivo, o Procon-JP também encontrou postos de combustíveis fazendo alinhamento de preços, o que é considerada também uma prática ilegal. “Percebemos que muitos postos estão apresentando preços similares e estão com preços mais altos, sem justificativa. Esta é uma prática abusiva e queremos explicação. Todos os postos vão ser notificados”, garantiu Watteau Rodrigues.

O Gás Natural Veicular (GNV) também apresentou aumento considerável. São R$ 0,30 a mais no preço do metro cúbico do combustível, que agora está sendo ofertado por R$ 1,790 o menor valor.

O único combustível que manteve o preço praticado no início da semana foi o óleo diesel, que apresenta valores entre R$ 1,790 e R$ 2,07. O consumidor que se sentir lesado pode entrar em contato com o órgão na Avenida Pedro I, 331, Centro.