Procon-JP constata variação de até 39,2% no preço de pneus

Por - em 27

Os pneus são os únicos componentes de um carro que estão em contato com o solo. Se eles estão desgastados, murchos ou não são adequados ao ambiente, o carro, a vida do motorista e dos passageiros estão em risco. E quando as chuvas começam é o momento de prestar atenção e conferir se está na hora de trocar os pneus. Para orientar os consumidores no ato da compra o Procon de João Pessoa divulgou pesquisa de preços deste produto para compra à vista.

Foram pesquisadas quatro marcas de pneus: Goodyear, Maxxis, Firestone e Pirelli, aros 13, 14, 15 e 16. De acordo com o levantamento, o produto com maior variação de preço foi o pneu aro 16, 205/55R16 (P600), da marca Pirelli, com até 39,2%, comercializado com valores entre R$ 360,00 e R$ 501,00, uma diferença de R$ 141,00.

No caso dos pneus de aro 13, a variação de preços chegou a 24% na marca Firestone, 175/70R13 (Seiberling), que custa entre R$ 125,00 e R$ 155,00, uma diferença de R$ 30,00. Já para quem vai comprar pneu de aro 14 a variação encontrada foi de 29,5% na marca Goodyear, 185/60R14 (NTC5), que custa entre R$ 280,00 e R$ 362,49, ou seja R$ 82,49.

A pesquisa foi realizada no período de 7 a 8 deste mês e todos os valores podem ser consultados na sede do Procon-JP, localizada na avenida Pedro I, 331, Centro, ou através do site www.joaopessoa.pb.gov.br/procon. Mas, independente do lugar onde você vai comprar os pneus, há algumas orientações que merecem atenção do consumidor:

1. Saiba o tamanho e o tipo de pneu recomendado pelo manual do proprietário.
2. Determine as suas necessidades e prioridades. Onde você vai dirigir? Você prefere um carro mais macio, mais firme ou uma mistura dos dois?
3. Esteja certo de comprar um pneu capaz de suportar a carga que o seu carro irá carregar. Não compre um pneu de carro de passeio se você precisa de um pneu de utilitário leve.
4. Não compre um pneu de uma categoria que você não precisa. Na maioria dos casos, um pneu para todas as estações será suficiente, mesmo quando o vendedor sugerir um pneu de passeio.
5. Não esqueça que qualquer seleção de pneus é uma mistura entre qualidade de condução, eliminação de ruído, economia de combustível, desgaste, capacidade de carga e preço. O dever do revendedor e do consumidor é selecionar um pneu que, de preferência, englobe todos esses itens.