Procon-JP constata variação de até 230,8% em tarifas bancárias

Por - em 31

O consumidor deve ficar atento e pesquisar as taxas cobradas pelos bancos para abertura ou manutenção de contas correntes na Capital. De acordo com uma pesquisa divulgada nesta terça-feira (3) pelo Procon de João Pessoa, as tarifas bancárias oscilam entre 2,6% e 230,8%.

Dos serviços bancários pesquisados em sete agências da Capital, o fornecimento de extrato mensal de conta de depósito à vista de poupança e de poupança para um período apresentam a maior variação de preço, que chega a 230,8%. O serviço custa entre R$ 1,30 e R$ 4,30, diferença de R$ 3,00.

Já a renovação de cadastro de clientes chega a oscilar 113,3%. As taxas cobradas para o serviço estão custando entre R$ 22,50 e R$ 48,00, uma diferença de R$ 25,50, o dobro do menor valor cobrado. Com isso, se o consumidor comparar os preços das tarifas e o custo/benefício poderá fazer uma boa economia.

Se o consumidor precisar fazer uma transferência de contas na própria instituição, pagará por tarifas com valores que variam entre R$ 1,10 e R$ 1,80, diferença de R$ 0,70. Já para o fornecimento de folha avulsa de cheque podem ser cobrados valores entre R$ 1,20 e R$ 1,60.

O levantamento de preços abrangeu as agências dos seguintes bancos: Itaú, Banco do Brasil (BB), Bradesco, Caixa Econômica Federal (CEF), Santander, Real e HSBC. A pesquisa será disponibilizada na página da Prefeitura (http://www.joaopessoa.pb.gov.br/secretarias/procon/), no link ‘Pesquisas de Preços’.