Procon-JP está integrado ao sistema nacional de informação

Por - em 45

O Procon de João Pessoa é o mais novo integrante do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), do Ministério da Justiça. O sistema começou a ser utilizado na última segunda-feira (26). A partir de agora, o órgão estará ligado a uma rede nacional que permitirá o acesso a dados atuais sobre a situação de fornecedores e o número de reclamações contra eles.

Os funcionários de todos os setores do órgão passaram por um treinamento, no mês de dezembro, para se adaptarem ao novo processo de registro de reclamações, capacitando-os para trabalhar com o Sindec.

O Procon-JP é o primeiro órgão municipal de defesa do consumidor na Paraíba a ser integrado ao sistema. O processo de integração dos Procons de Campina Grande, Cabedelo e Bayeux está em andamento. Até o final deste ano todos já devem estar associados ao Sindec.

Para o coordenador-geral do Procon-JP, Watteau Rodrigues, o Sindec, além de representar um relevante avanço tecnológico, significa a eficiência do serviço público, bem como o fortalecimento da defesa do consumidor em um sistema integrado a nível nacional.

O sistema conta atualmente com 19 cadastros estaduais e sete municipais, incluindo o pessoense. Com o sistema, os órgãos de defesa do consumidor podem realizar levantamentos, por intermédio de gráficos e relatórios, sobre abertura de reclamações e andamento de processos.

De acordo com o sistema, os relatórios divulgados podem conter tipos de atendimentos mais realizados e as principais demandas dos consumidores. O programa integra em rede todas as ações e informações da Defesa do Consumidor realizadas pelos Procons que fazem parte do sistema em todo o País.