Procon suspende venda de quatro marcas de feijão carioca em JP

Por - em 32

O Procon de João Pessoa suspendeu a comercialização de quatro marcas de feijão carioca por apresentarem características impróprias para consumo, a exemplo de excesso de umidade, presença de fungos e palhas. A suspensão foi determinada nesta terça-feira (27), durante uma ação conjunta entre o Procon-JP, Secretaria do Meio Ambiente (Semam) e Guarda Municipal. As marcas suspensas são Feijão Carioca Líder, Carioquinha Safra de Ouro Pérola, Feijão Carioca Máximo e Feijão Carioca Bompreço.

Segundo o secretário-geral do Procon-JP, Watteau Rodrigues, essas marcas somente poderão voltar a ser comercializadas após a avaliação do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial da Paraíba (Imeq-PB), para verificar se estão próprias para consumo. Durante a ação, as equipes também recolheram amostras de outras marcas de feijão para analisar a qualidade do produto comercializado na Capital. Foram recolhidos 41 quilos de feijão dos tipos mulatinho, preto e carioca em quatro estabelecimentos da cidade: Carrefour (Bessa), Hiper Bompreço (Bessa), Extra e Atacadão.

Todo o material foi encaminhado nesta quarta-feira (28) para análise no Imeq-PB. A ação terá continuidade nesta quinta, com visita a novos estabelecimentos que comercializam o produto na Capital.