Procon vai notificar postos por reajuste no preço do álcool comum

Por - em 19

Vinte e dois postos de combustíveis serão notificados pelo Procon de João Pessoa por reajuste injustificado no preço do álcool comum.  Os estabelecimentos terão um prazo de 72 horas para apresentarem justificativa para o aumento e ainda entregarem ao órgão uma cópia da nota fiscal de compra e venda do produto referente ao mês de julho/2009.
 
O reajuste no litro do álcool comum foi identificado em uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira (20) pelo Procon-JP. No levantamento de preços, o álcool comum é encontrado com valores entre R$ 1,53 e R$ 1,79, uma diferença de R$ 0,26 no litro do produto e variação de 16,9%. Na semana passada, o maior preço do produto chegava a R$ 1,99.
 
Já a gasolina comum tem variação de 12%, com preços entre R$ 2,32 e R$ 2,59. O menor preço pode ser encontrado em dois postos da Zona Oeste da Capital: Posto JF Petróleo (Cristo) e Posto Bom Jesus (Oitizeiro). Na Zona Norte, o menor valor para o produto é do Posto Extra (Bairro dos Estados), que cobra R$ 2,35 pelo litro da gasolina comum.
 
Para quem mora na Zona Sul, o menor preço detectado na pesquisa é de R$ 2,33, cobrado nos seguintes postos: Cidade (Bancários), Caioca (Mangabeira), Extra Petróleo (Mangabeira) e Posto Bancários (antigo BSB, localizado no Conjunto dos Bancários).
 
O óleo diesel, outro item constante na pesquisa, está sendo comercializado em João Pessoa com valores entre R$ 1,89 (Posto Santa Ana – Cristo) e R$ 2,19 (Posto Villaggio – Bancários), uma diferença de R$ 0,30 no litro do produto, equivalendo a variação de 15,8%. E o gás natural pode ser encontrado com preços entre R$ 1,68 (Posto Rede Liberdade – Bancários e Posto Z – Jardim Cidade Universitária) e R$ 1,77 (Posto Ayrton Senna – Mandacaru).
 
A pesquisa será disponibilizada na página da Prefeitura, no link http://www.joaopessoa.pb.gov.br/secretarias/procon/pesquisas/ ou pode ser consultada na sede do Procon-JP, localizada na Av. Pedro I, 331, Centro.