Produção audiovisual do Nordeste é discutida em evento na Capital

Por - em 23

Cineastas, cinéfilos, professores e estudantes têm a oportunidade de participar do 1º Encontro da Rede Nordestina de Audiovisual (RNA), que acontece a partir desta sexta-feira (16) até domingo (18), com entrada gratuita, no Hotel Netuanah, localizado na praia de Cabo Branco. As inscrições devem ser feitas no local do evento, durante o período da manhã desta sexta-feira (16).

O encontro é a culminância do projeto do ‘Pontão RNA’, que há um ano se propôs a promover a articulação entre os diversos agentes do audiovisual da Região Nordeste. A realização é da Associação Brasileira de Documentaristas – Secção Paraíba (ABD-PB), com patrocínio do Ministério da Cultura (Minc), por meio do Programa Cultura Viva e da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope).

Presenças – Fazem parte do evento, representantes de coletivos de produção independentes, pontos de culturas, núcleos de produção digital, cineclubes e ABDs de todos os estados do Nordeste, assim como autoridades públicas voltadas ao desenvolvimento do audiovisual nas esferas políticas e mercadológicas. Serão discutidas as ações governamentais para o audiovisual na região Nordeste, o planejamento e a gestão do fazer audiovisual, possibilidades e perspectivas para a produção e a difusão do curta-metragem.

Programação – Nesta sexta-feira (16), acontece o lançamento do ‘Panorama do Curta-Metragem Paraibano’, uma caixa contendo sete DVDs com um recorte histórico desde os anos 60 até os anos 2000, com as principais produções do Estado, a ser distribuída gratuitamente aos diversos agentes do audiovisual independente da região, para exibição não-comercial, estudo, pesquisa e difusão. O lançamento será acompanhado pela mostra ‘Breve Panorama’, com cinco curtas-metragens, sendo um por década, extraídos do recorte geral da caixa.

No sábado (17) é a vez do lançamento de mais uma edição do ‘Curtas ABD-PB’, projeto que consiste na produção, divulgação e comercialização de DVDs com conteúdo audiovisual paraibano. A 3ª edição do projeto, ‘A Máquina Virou’, consiste na compilação de cinco importantes curtas-metragens produzidos na Paraíba de temática homossexual, com os vídeos ‘Depois da Curva’, de Helton Paulino; ‘Amanda e Monick’, de André da Costa Pinto; ‘Paola’, de Eduardo Chaves; ‘Homens’, de Lúcia Caus e Bertrand Lira; e ‘Era Vermelho seu Batom’, de Henrique Magalhães. Depois da sessão haverá um debate com os realizadores.

Para o domingo (18), último dia do evento, está programada a sessão ‘Jam Session Audiovisua l’, onde os realizadores poderão levar seus curtas-metragens de até 15 minutos para serem exibidos. Lembrando que as noites do evento, a partir das 20h, serão dedicadas à exibições de filmes na Usina Cultural Energisa.