Produtores atendidos pelo Empreender-JP receberão certificação de alimentos orgânicos do Mapa

Por - em 88

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) concederá a certificação de produção de alimentos orgânicos a mais 39 produtores atendidos pela Secretaria de Trabalho, Produção e Renda da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), somando 60 agricultores. Até o próximo sábado (1º), a Diretoria de Agricultura Familiar da secretaria realiza a Semana dos Alimentos Orgânicos nas feiras agroecológicas, incentivando o consumo de produtos mais saudáveis.

O secretário do Trabalho, Raimundo Nunes, destaca que a certificação é o resultado de assistência técnica e de determinação dos produtores da área do Cinturão Verde. “Nós trabalhamos na recuperação da agricultura familiar da área rural de João Pessoa que, há pouco tempo, quase não existia. Além do incentivo à produção orgânica, que é importante para a manutenção da saúde, intermediamos a comercialização da produção com as feiras agroecológicas e financiamos empréstimos com a linha Cinturão Verde no Empreender-JP”, disse ele.

De acordo com o diretor de Agricultura Familiar, Ancelmo Rodrigues, 150 famílias tem uma produção agroecológica no Cinturão Verde, mas apenas 21 produzem com certificação. “A maioria dos alimentos produzidos está em uma zona de transição para orgânicos, que são os alimentos certificados pelo Mapa, mas em um período de até 90 dias, esta produção pode triplicar”, afirmou.

Os 39 produtores que estão com seu cultivo em avaliação pelo Mapa são da Cooperativa de Produtores Agroecológicos de João Pessoa (Prohort). O presidente, Walter Joaquim, destacou que a avaliação considera itens como o manejo do solo, se há produção com uso de agrotóxicos ou fertilizantes químicos em áreas próximas, o cuidado com a limpeza da água, o manejo do lixo e o perfil do produtor.

“Se aquele produtor já tem uma produção agroecológica há alguns anos e atende a todas as exigências do Ministério, ele será certificado, que é o caso dessas 39 famílias produtoras. Nossa cooperativa e a secretaria do Trabalho estão encarregadas de que esta produção, ao ser certificada, seja mantida dentro das exigências do Mapa”, explicou ele.

Na manhã desta quarta-feira (29) a diretoria de Agricultura Familiar ofereceu um café da manhã na Praça Alcides Carneiro, em Manaíra, onde ocorre a Feira Agroecológica Itinerante, para comemorar a Semana dos Alimentos Orgânicos, reunindo os produtores do Cinturão Verde e os clientes que sempre compram os alimentos ofertados.

Consumidor aprova – Toda quarta-feira, Evangelina Souza se dirige até a Praça Alcides Carneiro para fazer as compras de frutas e verduras. “Eu sempre venho. Os alimentos são mais saborosos do que os que encontramos nos supermercados, embora sejam um pouco mais caros”, contou ela.

De acordo com Ancelmo Rodrigues, os preços dos orgânicos podem ser até 30% mais caros do que os convencionais, conforme determinação do Mapa. Entretanto, ele diz que, considerando as alterações climáticas do último ano, os preços apresentaram leve alta, mas nem por isso deixaram de ser consumidos. “Nem toda a produção é irrigada, então, os produtores dependem da regularidade das chuvas”.

A comerciante Claudecir Araújo mora quase em frente à praça onde ocorre a feira e não troca os alimentos pelos que são vendidos nos supermercados de seu bairro. “Aqui temos a garantia de uma alimentação saudável”.

Calendário das Feiras Agroecológicas Itinerantes semanais apoiadas pela Secretaria do Trabalho, Produção e Renda

 

Dia da semana Local Horário
Terça-feira Estacionamento do Shopping Sebrae 5h
Quarta-feira Praça Alcides Carneiro, em Manaíra 5h
Quinta-feira Busto de Tamandaré 5h
Sexta-feira Praça da Paz, nos Bancários 5h
Sábado e domingo Mercado do Valentina 5h