Programação de fim de ano da Capital tem início no domingo

Por - em 37

A programação de final de ano ‘Natal e Réveillon – João Pessoa melhor a cada ano’ está repleta de variedades, com acesso gratuito à população. A partir do próximo domingo (23), às 19h, tem o tradicional ‘Concerto de Natal’, executado pela Orquestra de Câmara Cidade de João Pessoa (OCCJP), no palco instalado próximo ao Busto de Tamandaré, entre as praias de Tambaú e Cabo Branco.

No mesmo local, acontecem também, o ‘Festival Música do Mundo’ de 25 a 30 deste mês e, encerrando as festividades do fim de ano na Capital, na segunda-feira (31), o réveillon será animado com um grande show do paraibano Zé Ramalho. Tudo isso, numa promoção da Prefeitura de João Pessoa (PMPJ), através da sua Fundação Cultural (Funjope). Os eventos têm o patrocínio da Oi.

O concerto – A Orquestra de Câmara, sob regência do maestro Gustavo de Paco, executará o ‘Concerto de Natal’ acompanhada do pianista convidado José Henrique Martins, e dos solistas Maria Juliana e Oliveira de Panelas, além da participação dos grupos ‘Coro de Câmara Villa-Lobos’ e ‘Coral Infantil Guerreiros do Futuro’, esse último ligado ao Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), do bairro de Cruz das Armas, e regido pela maestrina Fátima França.

Convidados – Entre os músicos convidados está o pianista paranaense José Henrique Martins, professor de piano no Departamento de Música da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Sua formação inclui o Curso de Graduação em Piano na Escola de Música e Belas Artes do Paraná, mestrado em Música na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e doutorado em Performance Pianística na ‘Boston University’, nos Estados Unidos.

Construindo uma sólida carreira musical de mais de 20 anos, ele está constantemente no palco para recitais solo e de música de câmara, tocando nas principais cidades brasileiras, além de Estados Unidos e Portugal. Recentemente foi solista da Orquestra Sinfônica da Paraíba, interpretando a ‘Bachianas Brasileiras n° 3’ de Villa-Lobos, sob a regência de Lutero Rodrigues, além de atuar numa série de recitais ao lado do violinista canadense Guillaume Tardif. O pianista também se dedica ao registro da música brasileira, participando da gravação de CD’s como ‘Kaplan – Obras Escolhidas’ e ‘Carrapicho’, ao lado do violoncelista Raiff Dantas Barreto.

O artista fala da emoção de participar do evento. “Ter sido convidado para atuar junto à Orquestra de Câmara de João Pessoa neste concerto de Natal enche meu coração de alegria, e a experiência de tocar para um grande número de pessoas provoca uma emoção indescritível. Com certeza, todos os que lá estiverem serão contagiados pelos sons da música de alta qualidade artística que é feita nesta cidade”, destaca.

Outra participação especial é o ‘Coro de Câmara Villa-Lobos’, sob regência do maestro Carlos Anísio, um dos grupos convidados para o concerto e que vem se consolidando ao longo de 11 anos de existência como uns dos mais versáteis grupos corais do Nordeste. É requisitado com freqüência para participar de importantes eventos no País, a exemplo do ‘XI Encontro de Corais de Anápolis’, no Estado de Goiás, e o ‘I Encontro Latino Americano de Educação Musical’, em Salvador, além de participações memoráveis em eventos como o ‘Tributo a Sivuca’, em 1999, na cerimônia de outorga do título de ‘Doutor Honoris Causa’ a Severino ‘Sivuca’ Dias de Oliveira, pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

A cantora Maria Juliana, uma das solistas do concerto, protagonizou óperas ainda em sua fase de adolescência como foi o caso de ‘Os Tamancos’, da maestrina Norma Romano, e da ‘Peste e o intrigante’, de Mário Ficarelli, tendo participado também de concertos com a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba.

Já o poeta Oliveira de Panelas começou a fazer poesia com nove anos de idade e aos 12 anos, em 1958, cantou pela primeira vez com Josué Rufino e João Vicente. Autor de diversos livros e discos, participou de mais de 200 congressos de cantoria e foi classificado em todos. Cantou para presidentes brasileiros e estrangeiros em algumas ocasiões, a exemplo de Mário Soares e Fidel Castro, atuou como presidente da Associação de Poetas Repentistas do Brasil e ainda, campeão do ‘1º Campeonato Brasileiro de Poetas Repentistas’, no ano de 1997, no Memorial da América Latina, em São Paulo-SP.

Programa

‘A História do Natal’ – Marcelo S. Petraglia, para coro infantil e acompanhamento instrumental
1 – Abertura
2 – Anunciação
3 – José
4 – Burrico
5 – O Estábulo
6 – O Nascimento de Jesus
7 – Anunciação aos Pastores
8 – Visita dos Pastores
9 – Final
‘Coral Herdeiros do Futuro’, do Peti/Cruz das Armas – Regente: Fátima França

‘Rhapsody in Blue’ – George Gershwin, para piano e orquestra.
Solista: José Henrique Martins
Regência: Gustavo de Paco de Gea

‘Cânticos da Natividade’ – Carlos Anísio (sobre temas do natal nordestino), para solista, coro e orquestra.
1 – Abertura
2 – De Porta em Porta
3 – Quanto é Belo
4 – Alvíssaras
5 – Cigana
6 – Vamos a Belém
7 – Vamos ao Presépio
8 – Meu São José
9 – Na Lapinha
10 – Borboleta
11 – Cantou o Galo
12 – Despedida
Narrador: Oliveira de Panelas
Solista: Maria Juliana (soprano)
‘Coro de Câmera Villa-Lobos’
Regência: Carlos Anísio

‘Então é Natal’ – John Lennon – versão: Cláudio Rabello (Arr: Dierson Torres)
‘Jesus Cristo’ – Roberto Carlos e Erasmo Carlos – (Arr: Dierson Torres)
‘Noite Feliz’ – Franz Gruber (Arr. David. Willcocks/ Adap: Carlos Anísio)
Regência: Gustavo de Paco de Gea.