Projeto ‘Caminho Livre’ vai implantar um novo sistema viário na Capital

Por - em 55

O prefeito Luciano Agra lançou na manhã desta quarta-feira (6), no auditório da Estação Cabo Branco-Ciência, Cultura e Artes, o projeto ‘Caminho Livre’ que vai implantar na cidade João Pessoa um novo sistema de fluxo nas principais vias e avenidas da Capital. Entre as principais intervenções está o alargamento da Avenida Epitácio Pessoa, alteração da passagem de veículos no Centro e aumento do espaço para pedestres, ampliação do binário no Castelo Branco, criação de faixas exclusivas no bairro dos Bancários e a duplicação da via do Altiplano.

Essas obras, com recursos próprios da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) estão orçadas no valor de pouco mais de R$ 10 milhões e serão realizadas através da Superintendência de Transporte e Trânsito (STTrans). O início dos serviços está previsto para acontecer ainda neste segundo semestre. A expectativa é que as obras sejam concluídas em dezembro de 2012.

O objetivo do projeto ‘Caminho Livre’ é aumentar a fluidez, dar mais mobilidade e organização ao trânsito na cidade, principalmente nos corredores de ônibus contemplando um conjunto de obras viárias a serem realizadas em curto prazo com objetivo de dar mais rapidez, conforto e segurança no trânsito e transporte à população.

Para o prefeito Luciano Agra esta é mais uma ação ousada da prefeitura da Capital e que implanta um novo conceito de transporte e tráfego na cidade. “Estamos preparando a cidade para o futuro. Melhorando nossa estrutura viária sem esquecer as pessoas. Nosso objetivo é promover uma Capital mais dinâmica, com vias mais ágeis e que também possa promover mais segurança para motoristas e pedestres”, ressalta o prefeito.

Entre as intervenções apresentadas estão: a melhoria da circulação do trânsito na área central, remoção do tráfego no anel interno da Lagoa, disciplinamento da oferta de estacionamentos e aumento do espaço para os pedestres; ampliação da Avenida Epitácio Pessoa, ampliação da Avenida Beira Rio, alteração no trânsito do Castelo Branco e Bancários, duplicação da via Altiplano e outras intervenção que estão em estudo como a interligação entre o bairro Miramar e o Jardim Luma e no Viaduto do Cristo.

O superintendente de transportes e trânsito, Nilton Pereira de Andrade, explicou o detalhamento das obras. Em mais pouco mais de uma hora, o engenheiro mostrou os problemas existentes no trânsito da cidade, fez resumo do plano de mobilidade urbana e falou como serão feitas as intervenções para melhorar o trânsito em áreas de grandes congestionamentos.

Segundo Nilton Pereira, essas intervenções foram pensadas para ingressar o projeto de Mobilidade Urbana. “Essas são ações interligadas e que fazem parte do plano de reestruturamento e que vai projetar a cidade de João Pessoa dentro do cenário nacional”, acrescentou o superintendente.

PAC da Mobilidade– De acordo com o prefeito Luciano Agra essas intervenções viárias já fazem parte da primeira etapa de ações para concretizar o que foi proposto pelo município ao PAC da Mobilidade Urbana.  João Pessoa apresentou o plano em maio ao Ministério das Cidades, e concorre com outros municípios do país aos recursos do PAC Mobilidade Urbana Grandes Cidades.

O planejamento de mobilidade urbana da capital paraibana está focado em modernizar a rede de transporte público e melhorar substancialmente sua qualidade, priorizando a circulação dos ônibus em quatro corredores da cidade, elevando a qualidade do serviço para o usuário.

Ações do projeto ‘Caminho Livre’:
Melhorias no trânsito do Centro – Diminuir o fluxo de veículos que convergem para a Lagoa, melhoria da circulação na área central, remoção do tráfego no anel interno da Lagoa sendo destinado apenas para passagem de ônibus. Já o anel externo terá 3 faixas para tráfego e mais 45 áreas receberão disciplinamento da oferta de estacionamentos e também haverá ampliação do espaço para os pedestres e melhorar a qualidade ambiental da área.

Vias que vão sofrer intervenções na área central:

Avenida Monsenhor Walfredo Leal, Pedro I, Almirante Barroso, Desembargador Souto Maior, Rua Santo Elias, Rua Barão do Abiai, Avenida Duque de Caxias, Visconde de Pelotas, anel externo da Lagoa e Pedro II.

Ampliação da Avenida Epitácio Pessoa – Redução dos congestionamentos com o aumento da capacidade da via, melhorando a circulação dos veículos e diminuição do tempo de viagem do transporte público. Ao longo da via haverá intervenção em diversos cruzamentos com objetivo de dar fluidez ao tráfego. No entroncamento da Av. Ruy Carneiro com a Epitácio até Av.  N. Sra. dos Navegantes passará a ter três faixas.

Ampliação da Avenida José Américo de Almeira (Beira Rio) – Alargamento da avenida para aumentar a capacidade de circulação dos veículos  e melhorar as condições de circulação dos pedestres. O trecho da Avenida Duarte da Silveira (a partir da Igreja Batista) até a Avenida Rui Barbosa, bastante congestionada, com apenas duas faixas de rolamento em cada lado do canteiro, passará a ter três faixas, aumentando em 50 por cento a capacidade da via.

Alteração no trânsito do Castelo Branco e Bancários – Implantação de um binário no bairro do Castelo Branco para redução dos congestionamentos e tempo de viagem do transporte público.  Implantação de binário no bairro do Castelo Branco para reduzir congestionamentos. A Av. Castelo Branco sentido Miramar/UFPB passará a ser mão única e a via de retorno sentido UFPB/Miramar será pela Rua Matos Cardoso.

Implantação de faixa exclusiva para o transporte público na principal dos Bancários e melhoria das condições de circulação nas vias paralelas, criando vias alternativas para que o condutor possa trafegar pelo conjunto sem ter que utilizar a via principal

Duplicação da Via do Altiplano – A duplicação da Av. João Cyrilo da Silva se estenderá da Av. Beira Rio até as proximidades da Av. Antonio Mariz, aumentando a segurança e facilitando o acesso ao Altiplano, Estação Cabo Branco e bairros adjacentes.


Veja a Apresentação do Programa de Melhorias Para o Trânsito com mapas e fotos | http://bit.ly/nmNyDe