Projeto Ação Social pela Música mantém atividades por videoaulas

Por Juneldo Moraes - em 252

Apesar do isolamento social por causa do Coronavírus, as atividades do projeto Ação Social pela Música de João Pessoa (ASMJP), mantido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), não pararam, pois os professores passaram a ministrar aulas através de vídeo.

Foram criados grupos no WhatsApp de acordo com o nível dos alunos e o instrumento que estudam para que todos tenham acesso aos conteúdos. Pelo aplicativo, os professores passam os exercícios práticos e teóricos. Já os alunos fazem vídeos tocando os instrumentos e enviam para os professores avaliarem.

“Essas aulas online têm dupla finalidade, a primeira obviamente é orientar os treinos dos alunos, e a segunda, tão ou mais importante, é contribuir para a prevenção do novo Coronavírus, estimulando as crianças a não saírem de casa”, disse Eduardo Linzmayer, professor de violino da unidade de Mangabeira.

O maestro Samuel Espinoza, coordenador das unidades de Mangabeira e Gervásio Maia, reforça que as videoaulas também são uma forma de prevenção à pandemia. “Essas aulas em vídeo nos ajudam a manter o pique de aprendizado, mas principalmente para manter os alunos estimulados e ocupados durante este período de isolamento em suas casas”, destacou.

Nas unidades do Alto do Mateus e Bairros dos Novais a rotina tem sido a mesma. O WhatsApp se tornou um grande aliado nos estudos e na prevenção ao Coronavírus. São realizadas videoaulas tanto de música quanto de reforço escolar para os alunos menores.

“A ideia é fazer com que os alunos mantenham contato com o instrumento nesse período de isolamento. O fato de não ter aula presencial não impede as atividades, pois temos a tecnologia como aliada. Em pequenos grupos no WhatsApp, os meninos e meninas afinam os instrumentos e fazem os exercícios práticos”, detalhou o maestro Hector Rossi, coordenador das unidades do Alto do Mateus e do Bairro dos Novais.

Segundo a autônoma Sinara Costa, mãe de Sabrina, de dez anos, que estuda violino na unidade de Mangabeira, antes das videoaulas a rotina em casa estava sendo muito difícil, pois a filha estava inquieta sem aulas na escola e de música e, também, sem o convívio com os colegas.

“O começo do isolamento foi complicado, porque Sabrina gosta muito da escola e das aulas do projeto. Ela estava estressada sem ter essas atividades. Agora com essas em aulas em vídeo ela retomou parte dos estudos e está mais tranquila, praticando os exercícios o que o professor passa e se mantendo ocupada”, contou.

Cestas nutricionais – Durante a pandemia do Coronavírus os alunos do projeto Ação Social pela Música vão receber cestas nutricionais. No total serão 240 beneficiados

Programa – O Projeto Ação Social Pela Música é mantido integralmente pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através de sua Fundação Cultural (Funjope), atendendo crianças e adolescentes com idade de 6 a 16 anos, aliando o ensino da música à educação formal, num sistema de jornada complementar à escola. Os núcleos funcionam nos bairros do Alto do Mateus, Mangabeira, Gervásio Maia e Bairro dos Novais.