Projeto Chá Literário debate obra do poeta Damião Cavalcanti

Por - em 23

A biblioteca do Centro de Capacitação dos Professores (Cecapro), localizado na avenida Beira Rio, da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), da Prefeitura de João Pessoa, vai sediar a terceira edição do projeto “Chá Literário”. O encontro que vai ter a participação de alunos da rede municipal de ensino, professores e intelectuais acontece na tarde desta sexta-feira (07). Neste ano o convidado é o escritor paraibano Damião Ramos Cavalcanti.

A atividade tem início às 15h e se estende até 16h30, sendo encerrada com um chá oferecido ao público. Durante toda a tarde, o autor vai falar sobre algumas de suas publicações, em especial o livro de poesias ‘Ausência do Tempo’. O coordenador da Biblioteca Municipal, Marcos Paulo Farias, explicou que esta é uma oportunidade para as pessoas terem contato direto com a obra e seu criador. “Professor Damião Cavalcanti é um grande poeta paraibano. Tenho certeza que o público que for ao chá literário terá uma tarde de muito aprendizado, com a oportunidade de interagir com o escritor”, frisou Marcos.

Este ano, alunos de quatro escolas da rede pública, localizadas nos bairros adjacentes ao Cecapro, participam do projeto. Foram convidadas as Escolas Municipais Cônego João de Deus, Matias Freire e Leonel Brizola, e a Escola Estadual Raul Córdula. A abertura do evento será feita pela diretora do Cecapro, a professora Inês Caminha.

Em 2009, o Chá literário teve como convidados os escritores Sérgio Castro Pinto e W. J. Solha. A primeira edição contou com a presença do escritor José Otávio.

Perfil técnico do escritor – Damião Ramos Cavalcanti nasceu em Pilar (PB) e aos 11 anos veio estudar em João Pessoa, onde reside até hoje. É formado em Filosofia e Direito e tem mestrado em Filosofia pela PUG (Roma) e Sociologia da Educação pela Sorbone (Paris). Professor aposentado da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), já ensinou no Unipê e na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). É membro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Academia Paraibana de Cinema (APC), da Associação Paraibana de Imprensa (API) e da Academia Paraibana de Filosofia (APF).

Damião Cavalcanti é escritor, poeta, cronista e desde 2007 é imortal da Academia Paraibana de Letras (APL), onde ocupa a cadeira 33, que tem como patrono Castro Pinto. O paraibano tem dezenas de artigos, críticas e poemas publicados em livros, revistas e jornais. Como gestor público, dirigiu a Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego (Funesc) e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep).

Livro – O livro ‘Ausência do Tempo’ foi lançado em 2007 pela editora Unipê. É uma obra literária com 183 páginas, que instiga o leitor a muito mais que uma simples assimilação estética de uma coletânea de poemas.