Projeto ‘Cordel na Sala de Aula’ estimula alunas da PMJP a lançarem livros

Por - em 153

Seis alunas da Escola Municipal Fenelon Câmara, localizada no bairro do Ernesto Geisel, lançaram na tarde desta sexta-feira (15) livros de literatura de cordel. A iniciativa faz parte do projeto ‘Cordel na Sala de Aula’, promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec).

As autoras dos livros foram às alunas do 7º ano Rayza Beatriz Rosa Araújo, Thays da Silva Barbosa, Maria Helena Carlos Amorim e Maria Gabriela Conceição de Andrade, e do 8º ano, Thays Tavares da Silva e Ingrid Dayana dos Santos Silva.

A professora de Língua portuguesa, Olindina Genuíno da Fonseca, que foi orientadora das alunas, disse que o grupo está colhendo os frutos de tudo o que foi trabalhado no primeiro semestre em sala de aula. “Nosso compromisso é incentivar a leitura. A leitura de cordel foi para valorizar a cultura da nossa terra que é tão rica”, afirmou.

Temas – O tema do cordel das estudantes Thays Tavares e Ingrid Dayana foi ‘Ajudando a natureza’. Já Thays Barbosa, Maria Helena e Maria Gabriela escreveram sobre ‘Alice no País das Maravilhas’. Rayza Beatriz intitulou seu livro como ‘O canto da mãe d’água’. “A gente não imaginava que um simples trabalho de escola se transformaria em um livro de literatura de cordel. Estamos muito felizes”, disse a aluna Thays Barbosa.

Para Maria Gabriela a publicação também foi uma surpresa. “É diferente. Adoramos. Agora todos os nossos amigos vão poder conhecer nossos trabalhos, já que ficarão disponíveis na biblioteca da Escola”. Durante a solenidade de lançamento do livro houve a apresentação do quarteto de metais da escola, grupo de flautas e dança.

Cordel na Sala de Aula – O projeto tem como objetivo utilizar a literatura de cordel como instrumento pedagógico dentro das escolas da rede municipal de ensino. A iniciativa surgiu da necessidade de valorizar a cultura popular e busca inserir, nas práticas curriculares, as manifestações culturais, reconhecidas pela comunidade da qual a unidade de ensino faz parte. Em suas ações, a literatura de cordel é vista como um valioso instrumento para o estudo da língua portuguesa e da história nordestina.