Projeto da Emlur conscientiza banhistas na orla neste domingo

Por - em 21

O lixo jogado na areia da praia é um problema grave que gera diversos transtornos. Além de prejudicar o ecossistema marinho, causando a morte de animais, cria uma imagem negativa para quem visita a cidade. Por isso, a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) continua neste domingo (16) o projeto ‘Cidade Limpeza, Verão Beleza’ na orla de João Pessoa com o objetivo de sensibilizar banhistas e comerciantes a manterem as praias limpas e organizadas.

A campanha educativa começou no último dia 8 e vai até o dia 6 de fevereiro, sempre aos domingos. Durante a semana, os agentes de limpeza, que fazem a varrição e catação da orla, também estão distribuindo sacolas e conversando com os banhistas sobre a importância de não sujar a praia.

Neste domingo, a partir das 9h, equipes, formadas por educadores ambientais, técnicos e fiscais da Autarquia, totalizando 50 profissionais, estarão espalhados por toda extensão da orla informando aos banhistas a forma correta de acondicionar o lixo. Após a explicação, os banhistas recebem as sacolas de praia biodegradáveis (Tecido Não Tecido-TNT) para guardar os detritos produzidos na hora do lazer e depois depositá-lo nos contentores e coletores que a Emlur disponibiliza ao logo da praia e no calçadão.

Do Hotel Tambaú, em Tambaú, ao Hotel Litoral, no Cabo Branco, a Emlur colocou 40 novos coletores de 240 litros, além de 15 cestos de lixo feitos de material reciclado (garrafas pet e ferro), no Busto de Tamandaré, formando ilhas de limpeza.

Este final de semana, a campanha educativa vai receber um reforço significativo. É que a Organização Não Governamental ‘Espaço Multiplo’, do município de Santa Rita, disponibilizou 10 voluntários para se integrar à equipe da Emlur. De acordo com a educadora ambiental Elma Xavier, esse reforço vai melhorar ainda mais o trabalho que vem sendo feito pela Emlur no sentido de sensibilizar os banhistas na preservação do meio ambiente.

Ela informou que no último domingo (9) foram distribuídas 11 mil sacolas de praia na beira-mar e mais cinco mil sacolinhas de câmbio para os motoristas nos principais sinais que dão acesso às praias da Capital paraibana “A previsão é distribuirmos a mesma quantidade de sacolas neste domingo”, afirmou a educadora ambiental. Foram confeccionadas 100 mil sacolas biodegradáveis, sendo 70 mil de praia e 30 mil de câmbio.

A Emlur montou três pontos fixos para dar apoio às equipes. Um no Busto de Tamandaré, um no adro da Igreja de Nossa Senhora da Penha, na Penha; e outro no antigo Bar Peixe Elétrico, no Bessa. Partindo desses pontos, os profissionais percorrem áreas pré-determinadas pela coordenação do projeto para entregar as sacolas e conscientizar os frequentadores da orla.

Outro grupo vai ficar nos sinais das avenidas Flávio Ribeiro Coutinho, Rui Carneiro e Beira-Rio entregando aos motoristas sacolas câmbios para que eles evitem arremessar o lixo para fora do veículo, sujando as ruas e colocando em risco pedestres e outros condutores. No Terminal de Integração do Varadouro também haverá uma equipe abordando as pessoas que se dirigem às praias.

O superintendente da Autarquia, Coriolano Coutinho, considera a campanha educativa importante para a cidade, principalmente em um período onde o fluxo de turista é grande. “Nessa estação temos um fluxo maior de pessoas em nossas praias e, por isso, intensificamos as nossas ações na orla. Mesmo com a grande movimentação, pessoenses e turistas terão as praias limpas em todos os turnos, afirmou. Esse é o terceiro ano que a Emlur realiza o projeto ‘Cidade Limpeza, Verão Beleza’, que conta com o apoio da Superintendência de Transportes e Trânsito e Secretaria de Desenvolvimento Urbano.