Projeto Seis e Meia traz Xangai, Cátia de França e Khrystal

Por - em 27

Cantoria, baladas, forró, coco de roda e outros ritmos nordestinos vão dar o tom da última edição do mês de junho do Projeto Seis e Meia, nesta quarta-feira, dia 17. As atrações principais serão o cantador e menestrel baiano Xangai e cantora e compositora paraibana Cátia de França, dois dos maiores representantes da legitima música da região. A abertura será feita pela cantora potiguar Khrystal, um dos talentos emergentes do Rio Grande do Norte, que vem ganhando espaços noutros estados.
O Projeto Seis e Meia é promovido pela Prefeitura de João Pessoa em parceria com a Accorde Produções e recebe o apoio cultural do Ambassador Flat e dos restaurantes Peixe Elétrico, Vila Cariri e Cia do Chopp. As apresentações começam às 18h30 na Praça de Eventos do MAG Shopping, na Praia de Manaíra. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada) e podem ser comprados antecipadamente ou na hora do evento no posto   montado no primeiro piso do MAG. Informações 9134-7610.

Xangai – O nome de batismo é Eugênio Avelino, um ex-vaqueiro que nasceu no trecho baiano do Vale do Jequitinhonha. Conhecido por Xangai – nome que recebeu dos freqüentadores da sorveteria que trabalhava em Minas Gerais de propriedade do pai – tem na inspiração a sua própria realidade e gosta de cantar músicas de Cartola, Dorival Caymmi, Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro etc.

O artista aprendeu a cantar com vaqueiros e cantadores da região, influência que permeou sempre a sua obra. Filho e neto de sanfoneiros teve seu primeiro disco Acontecivento lançado em 1976 pela gravadora CBS, mas depois seguiu uma carreira independente, desvinculada das grandes gravadoras.

Cantador, trovador e violeiro, Xangai, com sua voz penetrante e muito característica, interpreta composições próprias e adaptações do folclore nordestino, em ritmo de xote, coco e toada. Nesta quarta feira, ele deve relembrar sucessos antigos como Canção Primeira, Roendo Unha, Caso Você Case, dentre outros.

Cátia de França – importante nome da música nordestina com mais de seis décadas de vida e mais de 40 de carreira, a artista é um dos mais respeitados nomes da MPB. Além das composições consagradas na sua própria voz e por intérpretes do quilate de Elba Ramalho, em ‘Kukukaia’, Amelinha e Chico César, em ‘Coito das Araras’, Clementina de Jesus, em ‘Meu boi surubim’ e Xangai, em ‘Antoninha’, a artista também apresentará músicas inéditas de ‘Hóspede da natureza’, seu mais novo CD.

A paraibana de verve artística e presença de palco inconfundíveis, promete trazer para o público a originalidade das suas composições e a força poética de autores que permeiam a sua obra, a exemplo de Manoel de Barros, João Cabral de Melo Neto, José Lins do Rego, Guimarães Rosa e Henry David Thoreau.

Khrystal – Com 29 anos de idade e 10 de carreira, a cantora potiguar Khrystal – como a maioria dos artistas brasileiros – começou a se apresentar na noite, cantando hits de sua geração, sem nunca perder a via da trajetória da Música Popular Brasileira.
Antenada com todos os sons, nos últimos anos Khrystal mergulhou num trabalho de pesquisa do ritmo mais potiguar de todos, o coco, e no seu primeiro disco contempla canções de Lenine, Dominguinhos, Guinga e Jacinto Silva, resgata Elino Julião, além dos novatos Galvão Filho e Romildo Soares, potiguares da melhor estirpe. Em João Pessoa, a artista cantará músicas de sua autoria e de outros compositores do Rio Grande do Norte e do Brasil.