Projeto Vértice de janeiro traz espetáculos argentino e canadense

Por - em 160

A primeira edição do projeto Vértice de 2012 vai levar ao palco do Teatro Santa Roza, sempre às 20h, dois espetáculos internacionais. Um deles é a peça teatral argentina “Tercer Cuerpo”, cuja apresentação será nesta quarta-feira (11).  A segunda é o trabalho canadense de dança “Amour, Acide et Noix”, que vai ser mostrado em 18 de janeiro. A realização do evento é da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), e está inserida no Circuito do Sol, em uma parceria com o Governo do Estado. A entrada é franca.

A montagem da peça “Tercer Cuerpo” é de um dos mais importantes grupos de teatro da Argentina – Teatro Timbre4, de Buenos Aires. Um escritório caótico, a residência de um casal, um bar e um consultório médico são os quatro diferentes cenários que se alternam em um mesmo espaço. Os ambientes entrelaçam a vida de cinco personagens unidas pela solidão, incompreensão e necessidade de amar.

O grupo já recebeu vários prêmios internacionais e participou de festivais na América Latina, América do Norte e Europa. Toda a encenação do “Tercer Cuerpo” dura uma hora e 15 minutos. Claudio Tolcachir assina o texto e direção. O elenco conta com Melisa Hermida, Daniela Pal, José María Marcos, Hernán Grinstein e Magdalena Grondona.

“Amour, Acide et Noix” – A dança canadense também marcará presença no projeto Vértice de janeiro. Ao som do músico Vivaldi, o elogiado espetáculo “Amour Acide et Noix” traz durante todas as cenas quatro bailarinos, incluindo uma mulher, totalmente nus. Eles abordam a solidão e a importância do toque como infinita ternura. A nudez é passada aos espectadores como a única alternativa verdadeira para a leitura do corpo. A iluminação é de Marc Parent e no elenco estão Esther Gaudette, Emmanuel Proulx, Mathieu Campeau e Justin Gionet.