Projetos literários abrem temporada de debates em Manaíra, nesta quinta

Por - em 24

Com o evento ‘Produção literária da cidade de João Pessoa’, os projetos ‘Tertúlias na Philipéia’ e do ‘Fórum de Literatura’ abrem oficialmente a temporada de debates da área literária deste ano na quinta-feira (10), às 18h, no Centro de Artes Municipal (Cacum), localizado na Rua Maria Rosa, em Manaíra. A realização é da Prefeitura de João Pessoa, através da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

O debate desta primeira edição do ano do ‘Fórum de Literatura’ será seguido da primeira edição do projeto ‘Tertúlias na Philipéia’, que homenageará os autores e autoras das obras que compõem a ‘Coleção Novos Escritos-2007’.

Durante o ‘Tertúlias na Philipéia’ acontecerá um sarau em que serão lidos textos de escritores e escritoras da ‘Coleção Novos Escritos-2007’ e, no Fórum, o público poderá conversar com os autores e autoras sobre seus processos de produção.

O ‘Tertúlias na Philipéia’ e o ‘Fórum de Literatura’ são projetos literários realizados mensalmente pela Funjope com o objetivo de divulgar as atividades que acontecem na cidade de João Pessoa e a obra de escritores paraibanos, por meio de leituras e debates.

A ‘Coleção Novos Escritos-2007’ foi lançada pela Funjope e reúne obras inéditas e vencedoras do Edital de Publicações Novos Escritos. O conjunto de livros, que na ocasião será vendido no local, é composto por ‘Beco de morar no medo’, de Ailton Ramalho da Silva; ‘Delírios’, de Alexsander Carvalho; ‘Teatro para crianças e jovens: ler e/ou encenar’, de Celly de Freitas; ‘Palimpsesto’, de David Barbosa Filho; ‘Um Cristo cuspido no espelho do século’, de Íkaro Max; ‘Irineu: o terror de Mangabeira’, de José Pedro de Lima; ‘Mergulho’, de Lúcia Wanderley; ‘Poemas a vapor’, de Renálide Carvalho; ‘Pirilampos cegos’ de Roberto Menezes e ‘S.O.S. Terra: o grito da mãe natureza’, de Zanony Yberville.

O ‘Fórum de Literatura’ e o ‘Tertúlias na Philipéia’ fazem parte da programação anual da Divisão de Literatura, Biblioteca e Editoração (DLBE) da Funjope, que realiza também o ‘Agosto das Letras – Festival Pessoense de Literatura’, que este ano estará em sua segunda edição. Este é o primeiro evento exclusivamente literário da Capital. Em 2008, a organização do evento pretende intensificar a participação de escritores do interior da Paraíba e de outros estados nordestinos.

Cacum – O Centro de Arte e Cultura Municipal (Cacum) é um espaço que dá suporte artístico e cultural para as escolas municipais, onde acontecem oficinas e cursos de artes destinados aos alunos da rede de ensino mantida pela PMJP. Atualmente, a instituição desenvolve o projeto ‘Sementes da Arte’, com cursos de teatro, dança, música, literatura, poesia e dramaturgia, além de diversas parcerias com outras secretarias municipais e instituições públicas e privadas.

O Cacum é ligado à Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) e conta com uma sala de leitura e outra de dança. Recebe também espetáculos teatrais infantis e adultos, a exemplo da ‘Saga de Zacarias’, em cartaz no Teatro Ednaldo do Egypto, que faz parte do complexo artístico. Mais informações na Funjope, localizada na Praça Antenor Navarro, n° 06, no Centro Histórico da capital, ou pelos telefones 3218-9708 e 8855-3075.