ProJovem expõe resultados de atividades realizadas em 2008

Por - em 29

O resultado das atividades de qualificação profissional do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem), realizadas no decorrer deste ano, foi apresentado na tarde desta sexta-feira (18) na Mostra dos Arcos Ocupacionais. Todos os trabalhos foram expostos no ginásio poliesportivo do Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba (Cefet-PB), no Bairro de Jaguaribe, com a participação dos 2.300 alunos matriculados na ação educativa na Capital.

Na área, foram montados estandes dos arcos, que são grandes áreas de atividades definidas como Arte e Cultura, Educação, Turismo e Hospitalidade, Gestão Pública e Terceiro Setor e de Construção e Reparos. Dentre os resultados exibidos, chamavam a atenção do público presente os trabalhos manuais realizados em camisas e as bolsas produzidas com papel do arco Arte e Cultura; as maquetes idealizadas pelos alunos de Construção e Reparos; o diagnóstico social e das políticas públicas nas comunidades elaborados pela turma de Gestão Pública e Terceiro Setor. Na ocasião, os alunos realizaram apresentações culturais de peças, DJs e música.

O coordenador de Qualificação Profissional do ProJovem, Thiago Pacheco, ressaltou que a mostra revela o que na sala de aula é percebido com a integração e interesse dos alunos em ir além, tanto na formação do ensino fundamental quanto na destinada à área profissional. “Em todo o curso, os alunos vêem os conteúdos na teoria e na prática. O interessante é que muitos dos alunos logo no início do curso descobrem novas habilidades e capacidades que nem imaginavam possuir, e isso tem sido um diferencial para o futuro profissional e educacional deles”, frisou.

O ProJovem foi implantado em João Pessoa em 2006 e atualmente conta com 2.300 alunos. O programa é desenvolvido na Funetec (fundação ligada à educação tecnológica) e na sede do Cefet-PB, além de 23 escolas municipais. No dia 29 deste mês, os alunos se submeterão às provas da reta final do programa. O ProJovem é um programa do Governo Federal desenvolvido na Capital a partir da parceria com a Prefeitura de João Pessoa e o Cefet-PB.