Protesto contra alto preço da gasolina tem apoio do Procon-JP

Por - em 27

O Procon de João Pessoa apoia a realização de um protesto para a redução dos preços de gasolina na Capital e adotou medidas para que o movimento ocorra sem problemas. O protesto deve acontecer às 18h desta quinta-feira (12) em um posto localizado na avenida principal do bairro Bancários, mas pela manhã a autarquia se dirigiu ao estabelecimento para garantir que esteja funcionando.

“Nós decidimos verificar o funcionamento regular do posto para que o protesto não seja frustrado. O objetivo é abastecer R$ 1 de gasolina e pagar com cartão de crédito, então nós nos informamos com a gerência do posto de que há estoque de gasolina e a opção de pagamento com cartão de crédito”, explica o coordenador do Procon de João Pessoa, Sandro Targino.

Semanalmente a entidade realiza uma pesquisa dos combustíveis mapeando todos os preços praticados na cidade e esta pesquisa está sendo utilizada na escolha do posto foco do protesto. “Nosso objetivo é fazer este protesto toda semana no posto que cobrar o maior valor pelo litro da gasolina até que os empresários do setor comecem a baixar os preços”, afirma um dos representantes do movimento, o taxista José Pereira.

Aumento – Na última segunda-feira (9), o Procon-JP constatou aumento no preço da gasolina em 67 postos da Capital, inclusive com acréscimo dos valores mínimo e máximo, que passaram de R$ 2,479 para R$ 2,54 e de R$ 2,899 para R$ 2,959, respectivamente. Quanto a este comportamento do setor, Sandro Targino afirmou que vai se reunir com o Procon Estadual e com a Promotoria do Consumidor, do Ministério Público, para averiguar o que pode ser feito para modificar a prática de preços altos.