Público aplaudiu ‘Chorisso’ e ‘Arapuca’, na Praça da Paz

Por - em 27

Nem a chuva atrapalhou a festa dos amantes da boa música, que compareceram à Praça da Paz, no bairro Bancários, para assistir aos shows das bandas Chorisso e Arapuca. As apresentações fizeram parte do Circuito das Praças, que integra a programação do projeto cultural Estação Nordeste, realizado pela PMJP, através da Fundação Cultural (Funjope).

A banda ‘Chorisso’ fez um passeio no choro brasileiro, com interpretações de clássicos do gênero, executados de forma encantadora, a exemplo da composição ‘Espinha de Bacalhau’, de autoria do maestro Severino Araújo. O grupo também homenageou os Beatles, tocando duas de suas composições, em seguida, o cantor Adeildo Vieira fez uma participação especial, cantando ‘Auto Estima’, do seu novo CD, com lançamento previsto para março deste ano. Para encerrar a apresentação em alto estilo, o grupo Chorisso relembrou o mestre Sivuca, com a execução de ‘Feira de Mangaio’.

Formada, em sua maioria, por moradores do bairro, a banda ‘Arapuca’ mostrou que a novíssima geração da música paraibana traz influência que une elementos da música contemporânea com uma linguagem regional. O repertório da banda aborda temas diversos, como a dinâmica social e cultural através de metáforas e simbolismos, observados nas composições ‘Arapuca’, que abre o show, e ‘Mãos e Chão’, que encerra o show. Outro ponto alto da apresentação é a execução da composição ‘Iara’.

O cineasta Pablo Maia, que assistiu às apresentações, ressalta a importância do ‘Estação Nordeste’: “É de extrema relevância a realização desses eventos, que acontecem nas praças, nas praias, enfim, onde as pessoas gostam de freqüentar. Eu parabenizo a Prefeitura e, em especial a Funjope, que realiza o Estação Nordeste, ressaltando que essas iniciativas devem ser ampliadas para mais regiões, e que haja eventos desta natureza em outras áreas culturais, contemplando um leque maior de opções”.