Público e comerciantes elogiam organização da Festa das Neves

Por - em 28

Durante os sete dias de Festa das Neves, o Ponto de Cem Réis se transformou em um palco de reverência a cultura popular, mistura de ritmos e ponto de encontro de amigos e familiares. Público e comerciantes provaram e elogiaram a organização do evento, que retorna ao coração do pessoense, agrada o turistas, e deixa o gostinho de quero mais na lembrança da cidade.

O vendedor ambulante José Ribeiro não consegue esconder a alegria pelas vendas de seus produtos, realizadas entre o Ponto de Cem Réis e a Praça Dom Adauto, durante os sete dias de Festa das Neves. De pequenos enfeites de cabelo até canetas estilizadas e bijuterias, ele afirma que o evento, este ano, foi muito organizado e a programação diversificada atraiu o público e garantiu o sucesso dos festejos.

“Desde os comerciantes até o público que veio para ver a programação artística e cultural, até os que ganham seu pão com os parques de diversão foram contemplados”, comentou.

Maria da Guia Nascimento, que há 27 anos monta barraca de cachorros-quentes na Festa das Neves, também comemora os lucros. “Foi tudo organizado e seguro, e o povo gosta disso”, disse a comerciante, elogiando a gestão municipal pela estrutura oferecida, bem como a programação cultural. “Sem dúvida os shows foram muito bons. Mesmo em dia de chuva as pessoas vinham para ver os seus artistas favoritos”, disse, demonstrando satisfação.

O casal de adolescentes Renato Alves e Mariana Pereira do Nascimento, além de declarar seu amor um para o outro, também mostrou paixão à cidade nos 425 anos. “Somos de João Pessoa, amamos essa cidade. Ela vem sendo bem cuidada. Uma das provas é a Festa das Neves. Os shows foram ótimos e todos nós estamos de parabéns”, comentou o adolescente sob o olhar de confirmação da namorada.

Enquanto circulava pela avenida que liga o Ponto de Cem Réis à Praça Dom Adauto, o arquiteto Alan de Andrade, que visitou João Pessoa durante a Festa das Neves, mostrou-se entusiasmado com os festejos da padroeira da Capital. “Eu sou daqui, mas resido em Curitiba há 18 anos. Sempre que volto tenho boas surpresas. A cidade está linda e a festa maravilhosa. Dos sete dias do evento, vim a quatro”, revelou.

Segurança – Já o policial militar Souza, que fez parte do efetivo disponibilizado para cuidar da segurança pública da Festa das Neves elogiou o evento, explicando que, além da sua corporação, a Guarda Municipal, Bombeiros e a Polícia Civil garantiram tranquilidade para o público nos dias de festa. “Se você viesse à tarde, veria pais e filhos; famílias inteiras brincado nos parques. À noite, o público já é um pouco mais velho. Mesmo ele recebeu uma boa segurança e as ocorrências foram raras, mas nada de grave”, comentou.

A aposentada Maria de Lourdes Gomes, que veio acompanhada de um grupo de amigos e amigas, era só sorrisos. Feliz, foi outra que teceu comentários elogiosos à gestão. Ela disse que a Festa das Neves, organizada pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), através da Fundação Cultural (Funjope), restabeleceu o glamour de outras épocas, salientando que nos últimos anos o brilho e a tradição do evento foram resgatados.