Quadrilha junina e muito forró animam V Arraiá da Inclusão

Por - em 45

Com quadrilha junina, comidas típicas, sorteio de balaio e muito forró pé-de-serra, os usuários do Centro de Referência Municipal de Inclusão para Pessoas com Deficiência (CRMIPD) participaram na tarde desta sexta-feira (18) do V Arraiá da Inclusão. A festa, realizada no Ginásio do Colégio Papa João Paulo II, no Centro da Capital, contou com a presença de cerca de 200 pessoas, entre usuários do Centro e familiares.

A coordenadora interina do Centro, Nadja Núbia, ressalta que a festa é uma oportunidade de promover a integração entre os usuários, que ficam ansiosos para que chegue a data. “Procuramos investir na inclusão realizando várias atividades com os usuários, como passeios, oficinas de música, de teatro, mas os momentos mais aguardados por eles são as festas, como a de Carnaval e a Junina”, disse.

Para Cláudia Cristina Almeida, mãe de Andrews Almeida, de 10 anos, que frequenta o Centro desde 2008 por causa de um distúrbio do sono, o evento já entrou para o calendário da família. “Andrews fica ansioso para que chegue a festa. Este ano ele preferiu participar do Arraiá do que ir para a festa junina da escola. Aqui ele reencontra os amigos”, disse ela. Cláudia destacou ainda o trabalho realizado no Centro, que vem ajudando no desenvolvimento do filho.

Quem também participou da festa foi Fabiana da Nóbrega, que não perde um Arraiá acompanhando o irmão Fábio Araújo, que tem paralisia cerebral. “É uma oportunidade de confraternização entre as famílias, usuários e direção do Centro, provocando uma maior integração. Todos os anos participamos do Arraiá, que é esperado com ansiedade por meu irmão Fábio”, revelou.

O CMRIPD foi o primeiro centro municipalizado do país a oferecer atendimento especializado às pessoas com deficiência. Foi implantado em dezembro de 2005 pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), através de uma ação intersetorial integrada entre as Secretarias de Desenvolvimento Social (Sedes), Saúde (SMS) e Educação (Sedec).

O Centro tem como objetivo a habilitação e a reabilitação, através de serviços especializados, de crianças adolescentes, jovens e adultos entre 2 e 35 anos com deficiência, distúrbio de comportamento e/ou de aprendizagem, buscando dar-lhes condições para o exercício pleno de sua cidadania. O CMRIPD funciona na Rua Eurípedes Tavares, 289, em Tambiá.