Quatro bairros recebem ações de educação para o trânsito

Por - em 31

Quatro ações simultâneas estão sendo realizadas em diferentes bairros da Capital com objetivo de conscientizar os motoristas e pedestre sobre a importância do uso da faixa e as normas de convivência no trânsito. Foram escolhidos os bairros de Mangabeira, na rua Josefa Taveira; Padre Zé, na rua João de Brito Lima Moura; no Centro, na avenida Camilo de Holanda; e na rua Walfredo M. Brandão, no Jardim Cidade Universitária, que ganhou nesta segunda-feira (3) um semáforo para pedestre.

Após a terceira fase da campanha ‘Respeite a vida. Faça sua parte’ divulgada nos meios de comunicação (rádio, tv, jornal e outdoor) no final do ano passado, a equipe de educação para o trânsito retomou o corpo a corpo junto à população para não deixar cair no esquecimento o sentimento de orgulho e civilidade que tem tomado conta do pessoense quando se vê, de um lado, um pedestre pedindo passagem na faixa e do outro, um condutor parando. “Nossas ações são contínuas. Quando não estamos nas ruas com os agentes e técnicos educadores, estamos atuando em escolas, empresas e instituições apresentando palestras sobre o trânsito”, explicou a gerente de educação para o trânsito, Erenilda Queiroz.

A escolha dos locais onde estão sendo realizadas as ações educativas levou em consideração, principalmente, as dificuldades enfrentadas pelo pedestre em atravessar a via, a proximidade de escolas e o fluxo intenso de veículos. Na rua Josefa Taveira, por exemplo, o grupo está atuando nas cinco faixas de pedestres não semaforizadas, abordando as pessoas que andam a pé e condutores (motoristas de ônibus, carros particulares, ciclistas e motociclistas).

“O nosso trabalho consiste também em conscientizar os comerciantes sobre a convivência no trânsito. É uma ação bem ampla e desde que começou tem surtido muito efeito. A comunidade tem apoiado a ação e está bastante receptiva”, disse a educadora de trânsito, Rafaela Ferreira. Ela e mais cinco agentes educadores estão percorrendo Rua Josefa Taveira todos os dias de 6h30 às 8h e à tarde das 11h às 13h. Nesta terça-feira, a partir das 8h30, o grupo vai aproveitar a proximidade da Escola Municipal Virginius da Gama e Melo da avenida principal para apresentar o teatro de bonecos e ensinar a criançada de uma forma lúdica e engraçada como transitar com segurança no entorno do colégio.

Na Cidade Padre Zé, a rua João de Brito Moura, onde funciona a Escola Municipal Rui Carneiro, teve a sinalização reforçada pela equipe do sistema viário com a implantação da faixa de pedestre e a colocação de placas de regulamentação e advertência para os condutores. Por ser uma via bastante movimentada foi escolhida para a ação educativa. De acordo com Gilmara Branquinho, coordenadora do setor de educação, a situação na referida via é bastante preocupante, principalmente devido ao grande número de veículos e de estudantes que circulam pelo local. “Com a sinalização reforçada os condutores têm tido uma melhor visualização da faixa de pedestre. Mesmo assim, ainda precisamos de ação mais prolongada nessa via para que os veículos parem na faixa”, adiantou.

Amigos do Trânsito
– A STTrans também iniciou uma ação na Escola Estadual Argentina Pereira Gomes, localizada na Avenida Camilo de Holanda, no Centro, dando continuidade ao Programa “Amigos do Trânsito”, que tem como objetivo melhorar ainda mais a segurança e a fluidez no trânsito no entorno das escolas. Dois monitores estão sendo capacitados pela equipe de educação para auxiliar os estudantes na hora da travessia. As ações nesses três bairros começaram no final de fevereiro e serão concluídas no final do mês, quando outras vias serão escolhidas para as atividades.

Novo semáforo – A equipe de educação começou a atuar nesta segunda-feira(3) do novo semáforo para pedestre que começou a funcionar na Avenida Walfredo Macedo Brandão (Jardim Cidade Universitária), próximo ao Centro de Zoonoses. A implantação do equipamento vai melhorar a travessia de estudantes de três colégios de grande porte e de duas creches, além dos clientes do comércio local. Durante 15 dias, das 6h30 às 8h e das 11h às 13h, os educadores de trânsito vão permanecer no semáforo ensinando aos pedestres a maneira correta de utilizar o equipamento.