Quinteto Violado e Beto Brito animam a noite deste sábado

Por - em 24

O São João na Capital segue com muito animação na noite deste sábado (27). As atrações são o grupo ‘Quinteto Violado’ e o cantor Beto Brito. O show de abertura está previsto para começar as 21h, no palco armado na Praça Antenor Navarro (Centro Histórico). O grupo pernambucano ‘Quinteto Violado’ promete tocar um repertório dentro do clima junino, com leituras próprias do baião, xote, quadrilhas e forrós. O encerramento da noite vai ficar por conta do cantor, cordelista e rabequeiro Beto Brito que vai mostrar ao público um show muito festivo e alegre.

Quinteto Violado – Em 1971 surgiu em Pernambuco um grupo musical que traçava um novo caminho para a MPB. Diante da indecisão no cenário da música nacional, após a irrupção do movimento tropicalista, o Quinteto Violado apresentava uma proposta fundamentada nos elementos musicais da cultura regional. Conseguindo extrair das mais simples manifestações populares a sua essência rítmica e melódica, o grupo criou uma nova concepção musical, cujo traço fundamental é a interação entre o erudito e o popular, sem desfiguração, reafirmando a idéia de que toda arte é sempre a universalização do popular. Com excepcional criatividade e talento, o grupo em seu disco de estréia, trouxe uma nova roupagem orquestradora. Estava produzindo a semente de uma mudança no modo de sentir e expressar a música brasileira.

Beto Brito – Conhecido do público paraibano, Beto Brito, além de cantor, é compositor e escritor de cordéis. Lançou vários CDs, o último intitulado de Imbolê, traz uma mistura de repente, peleja, côco, toré, baião, martelo, cordel, rabeca e viola. O CD foi produzido por Robertinho do Recife e tem a participação especial de Zé Ramalho.
Beto Brito é natural do Piauí, mas vive e trabalha em João Pessoa há vários anos. No dia 11 de junho de 2007, recebeu da Câmara Municipal de João Pessoa, o título de Cidadão Pessoense por relevantes serviços prestados a cultura pessoense.

Na apresentação deste sábado (27), o cantor tocará sucessos como ‘Feira de mangaio’ e ‘Visitando Zabelê’, este último instrumental composto por Sivuca; ‘Bate coração’, da dupla Antônio Barros e Cecéu; ‘Só quero um xodó’, de Dominguinhos; ‘Coisas da mente’, de Bebé de Natércio, e ‘Amor a perder de vista’, de Lucyane e Badu.

Programação paralela – Quem vai comandar o arrastapé no Espaço Mundo durante os dias 27 e 28 são, respectivamente, Seu Pereira e Coletivo 401; Jackson Envenenado; Trio Baião de Sete com participação de Zé da Ema; Ely Porto; e Forró da Mala. A previsão é de que esses shows comecem sempre por volta da meia-noite.

O Candeeiro Encantado, que fica no Largo de São Pedro, também trará uma programação especial dentro do tema ‘Viva São Jackson’, com apoio da Funjope. As apresentações acontecem paralelamente aos shows do Espaço Mundo. No primeiro dia, quem comanda o fuzuê é o Projeto Tamborete. Neste sábado (27) será a vez de Forró da Mala, Os Cabras de Mateus, Trio Baião de Sete, Miguel Marcondes e Os Velhos Forrozeiros, respectivamente. O Trio da Mala abre as festividades do local todas noites, a partir das 00h30.