Recife quer muda produzida no Viveiro Municipal de JP

Por - em 54

O Viveiro Municipal de Plantas Nativas de João Pessoa, que funciona numa área do Sesc-Gravatá, no bairro Valentina Figueiredo, recebeu na manhã desta quinta-feira (23) a visita de técnicos da Empresa Municipal de Limpeza Urbana (Emlurb) do Recife (PE), órgão responsável pela arborização da capital pernambucana através da Gerência de Parques e Áreas Verdes (GPA).

A equipe, composta pelos agrônomos Tadeu Pontes, Ricardo Martins (delegado regional da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana-SBAU) e Alexandre Freire, foi acompanhada por Sérgio Chaves (SBAU) e pelo secretário de Meio Ambiente (Semam) de João Pessoa, Antonio Augusto de Almeida.

De acordo com Antonio Augusto, a visita teve o objetivo de “estabelecer uma troca de experiência e firmar, futuramente, uma parceria através de convênio para a permuta de sementes e mudas do Viveiro para a Prefeitura do Recife, e vice-versa”. Segundo um dos visitantes, Tadeu Pontes, a cobertura vegetal da capital pernambucana ainda é formada basicamente por plantas exóticas e o exemplo de João Pessoa atraiu o interesse dos responsáveis pela arborização daquela cidade.

O secretário de Meio Ambiente explicou também que a produção anual do Viveiro Municipal, cerca de 60 mil mudas, atende perfeitamente ao paisagismo e recuperação de áreas degradadas em João Pessoa e a oferta para o fortalecimento do cultivo dessas espécies em Recife é igualmente viável.

O delegado regional da SBAU, Ricardo Martins, destacou a importância da iniciativa e lembrou a proximidade entre os dois pólos, o que facilita o transporte e garante a qualidade da semente ou muda transplantada.