Rede municipal de ensino ganha segunda creche em fevereiro

Por - em 254

O Centro de Referência em Educação Infantil (Crei) Professora Antonieta Aranha de Macedo será inaugurado às 10h desta quinta-feira (28), no bairro do Bessa. A unidade custou R$ 425 mil (recursos próprios do Município e do Governo Federal), vai atender cerca de 100 crianças de 2 a 5 anos e será a segunda entregue este ano. Com este Crei, a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) acolherá cerca de 3.100 meninos, se responsabilizando pela guarda e oferecendo as condições pedagógicas necessárias para o processo de alfabetização. A secretária municipal de Educação, Ariane Sá, disse que o Governo Municipal está trabalhando para entregar, até o próximo mês de junho, mais nove creches-escolas, em vários bairros da cidade.

“A estrutura implantada nas creches-escolas do Município não só permite o acolhimento da criança, mas a deixa familiarizada com as linguagens matemática e portuguesa. Ela sai do Crei, aos cinco anos e seis meses, pronta para ser alfabetizada no primeiro ano do ensino fundamental, conhecendo as primeiras letras. A cidade tem uma demanda grande de crianças de 0 a 6 anos fora da escola, que foi acumulada durante anos, pela falta de investimento na educação infantil, e estamos trabalhando para reduzi-la. Devemos chegar ao mês de junho com onze novas creches-escolas entregues, na cidade”, disse Ariane Sá.

Infra-estrutura – O Crei Professora Antonieta Aranha de Macedo foi construído em uma área de 489 metros quadrados, na Rua Tertuliano de Castro, próximo ao Colégio Pio XI. O prédio tem quatro salas de aula, refeitório/recreio coberto, administração, rouparia, banheiros, cozinha, área de serviço e sala técnica. A unidade vai funcionar das 7h às 17h, de segunda à sexta-feira, oferecendo atividades pedagógicas e recreativas, cinco refeições diárias e cuidados de higiene.

Na última segunda-feira, o prefeito entregou à comunidade do bairro do Altiplano o Crei José Carvalho Costa Filho, uma homenagem ao ex-diretor Administrativo-financeiro da Secretaria de Educação (Sedec). A construção segue o padrão adotado pela Prefeitura, que tem capacidade para atender até 100 crianças, de 2 a 5 anos. A obra custou R$ 418,595.

Além de professores, os centros de educação infantil mantêm no quadro de profissionais monitores, berçaristas (nas 13 creches que têm berçários) lactaristas, cozinheiras, lavadeiras, auxiliares de serviço, psicólogas, assistentes sociais, pedagogos e nutricionistas.

Exemplo de vida – Antonieta Aranha de Macedo, natural de Goiana (PE), dedicou-se à educação da Paraíba durante mais de três décadas. Devido a recomendações médicas, Antonieta veio morar na Capital para controlar as crises de asma e nunca mais voltou para a terra natal. Ingressou na rede pública estadual de ensino através de concurso. Atuou não somente em escolas de João Pessoa, mas também de outros municípios, a exemplo de Caiçara e Picuí.

Em 1937 casou-se com o escrivão da coletoria do Estado, Sebastião Ferreira de Macedo, com quem teve três filhos. Em 1948 saiu de Picuí e voltou para João Pessoa, onde mais uma vez voltou a dirigir grupos escolares nos bairros de Tambaú e Cruz das Armas.

Entre as décadas de 1940 e 1950 do século passado foi responsável pela alfabetização de soldados do Exército e com pescadores da praia de Tambaú, sendo este último desenvolvido de forma voluntária. Após 36 anos como educadora, Antonieta Aranha Macedo aposentou-se. Em sua trajetória ficou a marca de dedicação ao ensino. Ela faleceu em 2 de maio de 2003, em João Pessoa.