Reforma da Praça Barão do Rio Branco é entregue nesta quarta

Por - em 30

A população pessoense pode contar com mais um espaço público de lazer. Nesta quarta-feira (18), às 17h, o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, inaugura a recuperação da Praça Barão do Rio Branco. A reforma custou R$ 402 mil, oriundos do Ministério da Cultura, através do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Cidades Históricas. A solenidade contará com a presença do presidente nacional do IPHAN, Luiz Fernando de Almeida.

Com a obra, que durou seis meses, foi feita a recuperação das calçadas da praça, elevação do piso do pátio interno e a marcação do vazio urbano, com aplicação das novas posturas de acessibilidade aos portadores de necessidades especiais. De acordo com a diretora de Planejamento da Coordenadoria de Patrimônio Cultural (Copac), Rosângela Toscano, foi realizada também a readequação na área dos serviços públicos de infraestrutura (rede elétrica e hidráulica) e a implantação do mobiliário urbano dentro de padrões de conforto e adequação ao novo espaço recuperado, como bancos, postes e orelhões, entre outros equipamentos.

“Por se tratar de uma área com um grande representação histórica, optamos em fazer, além da recuperação da praça, um trabalho arqueológico para identificar relíquias, que demandou de dois a três meses do período previsto para a reforma”, explicou Rosângela Toscano. Para ela, essa intervenção urbanística representa a retomada de um espaço de uso público, resgatando uma área que há vários anos era usada como estacionamento.

Durante a reforma foram encontrados resquícios de construções e peças antigas, como louças. Esse material já foi catalogado e será exposto em breve no local, no prédio onde funcionou o antigo Erário. Nos primeiros 300 anos de existência de João Pessoa, a praça Barão do Rio Branco abrigou o poder político-administrativo e econômico da cidade, como a Casa dos Capitães-Mor e o Tesouro Provincial e a Cadeia Pública.

Memória – Logo após a reinauguração da Praça, a programação segue com a abertura da exposição ‘Praça Barão do Rio Branco – Memórias’. Os vestígios e artefatos arqueológicos encontrados durante o trabalho de revitalização do espaço, bem como fotografias e banners que contam todo o processo histórico, desde seu surgimento até os dias atuais, ficarão expostos ao público na Casa do Erário, localizada na própria Praça. Também haverá exposição de vídeos.

A programação integra o ‘Programa de Educação Patrimonial João Pessoa, Minha Cidade’, executado em parceria com a Prefeitura, através da sua Coordenadoria de Patrimônio Cultural (Copac), e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). A exposição fica aberta ao público até o dia 18 de setembro, de segunda à sexta-feira, nos horários de 9h às 12h e das 14h às 17h30.

Dentre dessa proposta de expandir o conhecimento dos estudantes na área histórica e cultural da nossa cidade, as duas instituições parcerias irão levar alunos das escolas municipais para visitarem a exposição. Os grupos irão ser recepcionados por monitores da própria Copac.