Reforma muda visual da Praça Venâncio Neiva

Por - em 39

O visual da antiga Praça Venâncio Neiva, no Centro da Capital, mais conhecida como ‘Pavilhão do Chᒠestá sendo melhorado. A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) já colocou cerca de 90% do novo piso nas cores cinza e vermelho. O mesmo material (piso intertravado) vai renovar as passarelas do anel interno da Lagoa (Parque Solon de Lucena), da Rua Padre Meira e da Praça Vidal de Negreiros, trabalhos também em execução pela Secretaria de Infra-Estrutura (Seinfra).

As obras integram o plano de restauração do Centro, dentro do Programa de Revitalização de Sítios Históricos (PRSH), onde a administração municipal está investindo mais de R$ 3,2 milhões. A previsão é que até o mês de março do próximo ano a população já perceba a revitalização do Centro, com espaços amplos para a circulação diária.

Segundo o secretário da Infra-Estrutura, João Azevedo, na Praça Venâncio Neiva o piso já foi concluído em toda área interna e parte do anel externo. Os 16 bancos da praça, fabricados em ferro, já estão prontos e deverão ser colocados na última etapa de recuperação, após os trabalhos de jardinagem. A iluminação ornamental também será recuperada, porém os postes serão conservados. O trabalho de recuperação do Coreto será executado posteriormente.

Lagoa – A colocação do piso na calçada da Lagoa está bem adiantada. Posteriormente, serão instalados os bancos e recuperados os jardins. Também está sendo recuperado o piso do canteiro onde fica o Marco do Quarto Centenário, localizado no final da Avenida Getúlio Vargas.

A iluminação ornamental do anel interno da Lagoa sofrerá pequenas alterações. As luminárias serão substituídas e os postes recuados para os canteiros. Com essa medida, o calçadão ficará livre para a prática de esportes, como caminhada e corrida.

Nas etapas seguintes estão previstas a reforma do sistema de drenagem, a desobstrução do sangradouro da Lagoa e a retirada das ilhas de areia. O objetivo dessa parte dos trabalhos é reduzir significativamente os transtornos no período de chuvas.

Ao final das obras, parte do anel interno da Lagoa será destinada para homenagear a obra do escritor paraibano Ariano Suassuna, com a colocação do monumento “A Pedra do Reino”, do artista plástico Miguel dos Santos.

A recuperação das calçadas da Avenida Padre Meira também está avançada. “O objetivo de alargar as calçadas é dar prioridade aos pedestres e o disciplinar o trânsito no local”, explica o secretário João Azevedo.