Regiões Praia e Mangabeira elegem Conselheiros Tutelares

Por - em 131

Mais de 10 mil eleitores moradores das regiões Praia e Mangabeira, da Capital paraibana, compareceram às urnas neste domingo (29) e exerceram sua cidadania, escolhendo seus representantes para os Conselhos Tutelares que atuam nestas duas localidades. A data da posse ainda não foi anunciada, mas deverá acontecer nos próximos dias. Os nomes dos eleitos serão publicados no Semanário Oficial do município.

Concorreram oito candidatos por região e foram eleitos os cinco mais votados em cada uma delas, sendo os demais, pela ordem de classificação, considerados suplentes. O colegiado é composto por 10 membros, sendo cinco titulares e cinco suplentes.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Social, Lau Siqueira, os Conselhos Tutelares são das mais importantes políticas públicas de proteção às crianças e adolescentes e o processo eleitoral para conselheiros tutelares não pode ser uma carta em branco aos eleitos. “Para o funcionamento pleno dos Conselhos, se faz necessário uma fiscalização permanente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e do Ministério Público, instrumentos importantes na condução desta política pública”.

O secretário destacou ainda que os Conselheiros Tutelares precisam ser pessoas realmente comprometidas com os direitos contidos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e que tenham capacidade de articulação nas comunidades para que a resolução dos problemas tenham sempre um encaminhamento consequente. “O conselheiro precisa sempre buscar a solução dos problemas encontrados e não buscar se livrar dos problemas. Esta é a expectativa que temos em relação aos eleitos”, finalizou Lau Siqueira.

Ao todo foram disponibilizadas 70 seções, sendo 27 da região Praia e 43 da Mangabeira. As eleições são promovidas pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de João Pessoa (CMDCA-JP) e a estrutura para a operacionalização do pleito é da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

O processo de eleição para Conselheiro Tutelar é dividido em três fases: inscrições, prova e pleito. Para concorrer, os candidatos tiveram que comprovar a atuação na área de atendimento ou defesa à criança e ao adolescente por no mínimo dois anos. Os novos Conselheiros Tutelares terão um mandato de três anos, podendo ser reeleitos apenas uma vez.

Participação e apuração – A apuração dos votos teve início logo após o término da votação, no Colégio Lyceu Paraibano. Das 9h às 17h, a população atendeu ao chamamento do CMDCA-JP e da Prefeitura de João Pessoa e deu sua contribuição para melhorar a qualidade de vida das crianças, adolescentes e familiares que residem na capital paraibana.

 

Veja o resultado da eleição por ordem de votação:

Região Mangabeira

 

Titulares:

1º Vinícius Araújo – 1.439

2º Wellington Cardoso – 1.236

3º Edilma – 1.198

4º Laudicéia Cavalcante – 1.198

5º Nilson Sabino – 992

 

Suplentes:

1º Vanessa – 777

2º Mário – 445

3º Edylene – 367

 

Região Praia

 

Titulares:

1º Roberto Lira – 509

2º Victor Rangel – 449

3º Delson – 371

4º André Luiz Rodrigues de Lima – 353

5º Adeilson Ricardo – 305

Suplentes:

1º Josevaldo Gomes da Silva – 296

2º Marilene Souza – 139

3º Val – 72